- Anúncios -
x

Bibliatodo Comentários




Diário Viver
Isaías 28

1. Ai daquela coroa orgulhosa dos bêbados de Efraim e da flor murcha do seu enfeite elegante, que está sobre a cabeça do vale fértil dos que se deixam dominar pelo vinho.

2. Vêde! O Eterno envia alguém que é poderoso e forte. Como a chuva de granizo e vento arrasador, como violento aguaceiro e tromba d’água que tudo inunda, ele a lançará com força ao chão.

3. A coroa orgulhosa dos embriagados de Efraim será pisoteada.

4. Sua magnífica beleza estabelecida na cabeça de um vale fértil é agora apenas uma flor que murcha e apodrece. Eis que ela será como figo maduro antes da colheita; quem o vê, logo o apanha e come.

5. Naquele Dia, portanto, Yahweh dos Exércitos é que será uma coroa de esplendor e uma grinalda magnífica destinada ao remanescente do seu povo.

6. Ele será um espírito de justiça para quem se assenta para julgar, fortaleza para todos que impedem que a batalha passe pela porta.

7. Mas estes também cambaleiam por causa de muito vinho e se desencaminham com a bebida forte; até o sacerdote e o profeta caminham cambaleantes por causa da bebida forte, estão tontos de vinho, perdem o equilíbrio e seus caminhos por causa da ingestão de grande quantidade de bebida forte; erram nas visões e tropeçam nos julgamentos.

8. Pois todas as suas mesas estão cheias de vômito e não há um só lugar limpo.

9. A quem ele ensinará a sabedoria? A quem fará compreender o conhecimento e a mensagem? Às crianças recém-tiradas do peito? Aos desmamados?

10. Portanto, o que exclama é: ‘Preceito sobre preceito! Ordem sobre ordem, regras e mais regras sem sentido; um pouco aqui, um tanto ali!’

11. E assim, com lábios trôpegos e língua estranha Deus falará a este povo,

12. ao qual proclamará: “Este é o descanso! Dai repouso ao exausto. Este é o lugar tranquilo e do pleno descanso!” Entretanto, eles não quiseram dar ouvidos.

13. E, por esse motivo, a palavra de Yahweh para eles será: “Preceito sobre preceito! Ordem sobre ordem, regras e mais regras sem sentido; um pouco aqui, um tanto ali!” E isto para que saiam, caiam de costas, firam-se, fiquem presos em armadilhas e, por fim, sejam capturados.

14. Ouvi a Palavra de Yahweh, ó homens insolentes, vós líderes e governadores deste povo que vive em Jerusalém!

15. Pois que dizeis: “Firmamos uma aliança com a morte, com o Sheol, a sepultura, fizemos um pacto. Quando o flagelo do extermínio chegar, não nos atingirá, pois da mentira fizemos nosso abrigo e na falsidade temos o nosso refúgio!”

16. Por isso declara Yahweh, o Eterno: “Eis que coloco em Tsión, Sião uma pedra, uma rocha já experimentada, uma preciosa pedra angular para estabelecer um alicerce verdadeiro e seguro; nela está escrito: “Quem crer em mim jamais será abalado!”

17. Estabelecerei o direito como lei e a justiça como o fio de prumo. Contudo, quanto ao refúgio da mentira, o granizo o varrerá, e o seu esconderijo, as muitas águas o submergirão!

18. Sua aliança com a morte será anulada; seu pacto com o Sheol não subsistirá. Quando vier o tempo da calamidade arrasadora sereis arrastados por ela.

19. Toda vez que vier, vos atingirá e arrastará; passará manhã após manhã, de dia e durante a noite!” Todas as vezes que ouvires tal notícia ficareis aterrorizados.

20. A cama se tornará estreita demais para que alguém possa deitar e descansar; o cobertor é curto demais para que possa cobrir e acalentar todo o corpo.

21. Porque Yahweh se levantará, como no monte Perazim, e sua ira o inflamará, como no vale de Gibeão, para realizar a sua obra, a sua obra estranha, e para executar o seu ato, o seu ato inaudito.

22. Agora, portanto, não continueis a zombar, para que os vossos grilhões não se façam ainda mais fortes; porque já do Eterno, o SENHOR dos Exércitos, ouvi falar de uma destruição, e essa já está determinada sobre toda a face da terra.

23. Inclinai vossos ouvidos e prestai atenção a minha voz; escutai e atentai ao meu discurso!

24. Porventura o lavrador que semeia lavra sem parar? Fica o tempo todo cavando e gradeando a terra?

25. Claro que não! Depois de nivelar o solo, ele não espalha o endro, semeia o cominho, lança o trigo em eiras, a cevada no terreno próprio e a espelta, o trigo duro, nas margens?

26. Ora, o seu Deus lhe dá toda a orientação necessária e lhe ensina o caminho.

27. Por isso não se debulha o endro com instrumento de trilhar, e sobre o cominho não se faz passar roda de carro; retira-se o endro com vara e o cominho com um bastão de madeira.

28. Também é preciso sabedoria para moer o cereal e fazer pão; por essa razão ninguém o fica malhando para sempre. Fazem passar as rodas da trilhadeira sobre o trigo, mas os seus cavalos não o trituram.

29. Todo esse conhecimento vem da parte de Yahweh dos Exércitos, magnífico em conselhos e maravilhoso em sabedoria!

×
Isaías 28

28.1 Efraín representa o reino do norte do Israel, governado por uma sucessão de reis malvados. Quando o Israel se dividiu depois do reinado do Salomão, Jerusalém ficou no reino do sul. Os líderes do reino do norte, desejando permanecer separados por completo de seus parentes do sul, levantaram ídolos para evitar que o povo fora ao templo de Jerusalém a adorar (veja-se 2 Rsseis 12). Isto levou a povo do reino do norte à idolatria. Isaías deu esta mensagem ao Israel para admoestá-lo, assim como também ao Judá para insisti-lo a arrepender-se antes de que recebesse o mesmo castigo que o reino do norte recebeu sozinho uns anos depois. 28.9-14 Estes versículos põem de manifesto a reação do povo ante o Isaías. É mais, diziam: "Isaías nos fala como um professor de escola o faz aos meninos pequenos. Não necessitamos que nos ensinem. Nós decidiremos". Por ter esta atitude, Isaías lhes profetizou que os assírios lhes ensinariam de uma maneira que gostariam de muito menos. 28.15 Judá temia aos assírios, "o pancada de chuva do açoite". Em vez de confiar em Deus, voltou-se para outras fontes de segurança. Deus a acusou de negociar com a morte. usa-se isto para significar a tumba ou o estado da morte. Possivelmente esta passagem se refira à aliança que Ezequías fez com o rei Tirhaca (faraó da XXV dinastia, a etíope, do Egito) contra Assíria (2Ki 19:9; Isa 37:9). Deus cancelaria este acordo. Egito não ajudaria quando Assíria atacasse. Vale a pena vender nossas crenças por um amparo temporário contra um inimigo? Se quiser um amparo perdurável, volte-se para único que pode salvar o da morte eterna: Deus. 28.16 Se for construir algo, necessita uma base firme. Isaías fala de uma pedra angular, que se colocará no Sion. Esta pedra angular é o Messías, o alicerce sobre o que construímos nossas vidas. Está sua vida construída sobre a base frágil de seus próprios êxitos ou sonhos? Ou está estabelecida sobre um alicerce firme (vejam-se Psa 118:22; 1Pe 2:8)? 28.21 Deus lutou a favor do Josué no vale do Gabaón (Jos 10:1-14) e a favor do Davi no Baal-perazim (2Sa 5:20). Mas agora lutaria contra Israel, seu povo, nestes mesmos lugares. 28.23-29 O agricultor utiliza ferramentas especiais para semear e colher as novelo delicadas para não as destruir. preocupa-se de sua fragilidade. Toma em conta todas nossas circunstâncias e debilidades pessoais. Devemos seguir seu exemplo quando tratarmos a outros. Cada pessoa necessita um trato diferente. Identifique-se com as necessidades de quem o rodeia e o trato especial que possivelmente lhes faça falta.