x

Bibliatodo Comentários

Anúncios


Diário Viver
Provérbios 16

1. O homem faz seus projetos, mas a resposta vem de Javé.

2. A pessoa pode achar que sua conduta é certa, mas é Javé quem examina as consciências.

3. Confie a Javé o que você faz, e seus projetos se realizarão.

4. Javé faz tudo para uma finalidade, até mesmo o injusto para o dia da desgraça.

5. Javé detesta o orgulhoso, que certamente não ficará sem castigo.

6. Com amor e fidelidade apaga-se a culpa, e com o temor de Javé se evita o mal.

7. Quando aprova a conduta de alguém, Javé o reconcilia até mesmo com os inimigos.

8. Mais vale pouco com justiça, do que muitos ganhos violando o direito.

9. O homem planeja o seu caminho, mas é Javé quem lhe dirige os passos.

10. Há um oráculo nos lábios do rei, e sua boca não erra na sentença.

11. Os pratos da balança justa são de Javé, e todos os pesos são obra sua.

12. Os reis detestam a prática do mal, porque é na justiça que o trono se firma.

13. O rei aprova os lábios sinceros e ama a quem fala com retidão.

14. A ira do rei é arauto de morte, mas o homem sensato consegue aplacá-la.

15. No rosto sereno do rei está a vida, e seu favor é nuvem que traz chuva.

16. Mais vale adquirir sabedoria do que ouro, e é melhor adquirir discernimento do que prata.

17. O caminho dos homens retos consiste em evitar o mal, e quem vigia o próprio caminho conserva a vida.

18. Antes da ruína vem o orgulho, e antes da queda a presunção.

19. É melhor ser humilde com os pobres, do que repartir despojos com os soberbos.

20. Quem mede as palavras tem sucesso, e quem confia em Javé é feliz.

21. Quem tem mente sábia será chamado inteligente, e falar com suavidade convence muito mais.

22. A sensatez é fonte de vida para quem a possui, mas a estupidez é a escola dos tolos.

23. O sábio de mente possui boca discreta, e seus lábios convencem muito mais.

24. As palavras gentis são favo de mel: doce na garganta e saudável para o corpo.

25. Há caminhos que parecem retos, mas acabam levando para a morte.

26. A fome do trabalhador o faz trabalhar, porque sua boca o empurra.

27. O vagabundo causa desgraça, e leva nos lábios fogo abrasador.

28. O homem perverso provoca brigas, e quem calunia separa os amigos.

29. O homem violento seduz o próximo, e o arrasta pelo mau caminho.

30. Quem pisca o olho planeja fraudes; quem aperta os lábios já praticou o mal.

31. Cabelos brancos são coroa nobre, quando se encontram no caminho da justiça.

32. Paciência vale mais que valentia, e dominar a si mesmo vale mais que conquistar uma cidade.

33. Os homens jogam dados para tirar a sorte, mas a sentença vem de Javé.

×
Provérbios 16

16.1 "Mas do Jeová é a resposta da língua" significa que o resultado final de nossas disposições está nas mãos de Deus. Se isto for assim, para que decidir? Ao fazer a vontade de Deus, deve haver camaradagem entre nossos esforços e o controle de Deus. O quer que usemos nossas mentes, que procuremos o conselho de outros e que tomemos decisões. Entretanto, os resultados estão em suas mãos. Então, as disposições nos ajudam a fazer as coisas de acordo com o propósito de Deus. À medida que viva para O, lhe peça direção quando tomar decisões e logo atue de acordo a elas confiando em Deus. 16.2 "Todos os caminhos do homem são limpos em sua própria opinião". A gente pode procurar explicações racionais para tudo se não terem normas para julgar o bem e o mal. Sempre podemos provar que temos razão. antes de pôr em marcha qualquer decisão, pergunte-se: (1) Está esta decisão em harmonia com a verdade de Deus? (2) Dará resultados sob as condições da vida real? (3) Agrada a Deus minha atitude? 16.3 Há diferentes forma de fracassar ao encomendar a Deus algo que façamos. Alguns solo encomendam seu trabalho de maneira superficial. Dizem que seu projeto é para Deus, mas em realidade é para eles mesmos. Outros tendem a dar a Deus o controle temporário de seus interesses, solo para tirar-lhe no momento em que as coisas deixam de partir da maneira em que esperavam. Mesmo assim há outros que encomendam sua tarefa por completo a Deus, mas não põem nenhum esforço de sua parte. Devemos manter um balanço: confiar em Deus como se tudo dependesse do, enquanto que trabalhamos como se tudo dependesse de nós. Pense em um esforço específico no que esteja envolto agora. Encomendou-o ao Senhor? 16.4 Este versículo não quer dizer que Deus criou a algumas pessoas ímpias, mas sim mas bem que Deus utiliza inclusive as atividades dos ímpios para levar a cabo seus bons propósitos. Deus é infinito e nós somos finitos. Não importa quão maravilhosos sejam nossos intelectos, nunca compreenderemos de tudo a Deus. Mas podemos aceitar por fé que O é todo-poderoso, tudo amoroso e perfeitamente bom. Podemos acreditar que O não é a causa do mal (Jam 1:13, Jam 1:17). E podemos confiar em que não há cabos soltos em seu sistema de julgamento. O mal é uma condição temporária no universo. Um dia Deus o destruirá. Enquanto isso, utiliza as intenções malvadas para seus bons propósitos (veja-se Gen 50:20). 16.5 A altivez é a voz interna que sussurra: "Minha maneira é a melhor". Isso é resistir à liderança de Deus e acreditar que se é capaz de viver sem sua ajuda. Quando se vir querendo fazer algo a sua maneira e menosprezando a outras pessoas, a altivez tira de você. Solo quando elimina a altivez, Deus pode ajudá-lo a converter-se no que O quis que você fora. (Veja o quadro do capítulo 18.) 16.7 Queremos agradar a outras pessoas e em ocasiões faremos quase algo para ganhar sua aprovação. Entretanto, Deus nos diz que é melhor depositar nossa energia em tratar de lhe agradar ao. Nosso esforço pacificador, pelo general, fará-nos mais atrativos a quem rodeia, inclusive aos inimigos. Mas até se isto não acontecesse, não perdemos nada. Seguimos agradando a Deus, o único que na verdade importa. 16.11 Já seja que enfaixamos ou que compremos, que produzamos um artigo ou que ofereçamos um serviço, sabemos o que é ou não justo. Às vezes nos sentimos pressionados a ser injustos para avançar ou tirar mais proveito. Mas se queremos obedecer a Deus, não há termos médios: Deus demanda honestidade em cada transação comercial. Nenhuma explicação racional encobrirá a prática de um negócio sujo. A honradez e a justiça não sempre são fáceis, mas é o que Deus demanda. lhe peça discernimento e fortaleza para ser sempre honrado e justo. 16.18 Os soberbos tomam muito pouco em conta suas debilidades nem se antecipam aos impedimentos. Pensam que estão por cima das fraquezas da gente comum. Com este estado mental é muito fácil que as mentiras os apanhem. É irônico, mas os soberbos poucas vezes se dão conta de que a soberba é seu problema, apesar de que quem os rodeia estão muito conscientes disso. Pergunte a alguém de sua confiança se seu desejo de autocomplacencia o cegou aos sinais de advertência. Possivelmente isto o ajude a evitar uma queda. 16.22 Durante séculos, a gente procurou a fonte da juventude, um manancial que lhe daria vida eterna e vitalidade. Nunca se encontrou. Entretanto, a sabedoria de Deus é uma fonte de vida que pode fazer feliz, saudável e viva a uma pessoa para sempre. Como? Quando vivemos mediante a Palavra de Deus, O limpa os efeitos mortais do pecado (veja-se Tt 3:4-8) e a esperança da vida eterna com O nos dá uma perspectiva gozosa em nossa vida atual. A fonte da juventude era um simples sonho, mas a fonte da vida é uma realidade. A decisão é dela. A sabedoria de Deus o pode iluminar ou o peso de sua própria necedad o pode arrastar. 16.26 "A alma de que trabalha, trabalha para si" significa que não importa quão difícil nem pesado encontremos o trabalho, nosso apetite é um incentivo para seguir. A fome faz que alguém trabalhe para satisfazer essa necessidade. 16.31 Os hebreus acreditavam que uma vida larga era um sinal da bênção de Deus; portanto, o cabelo branco e a idade avançada eram bons. Enquanto que a gente jovem se orgulha de sua fortaleza, os anciões se regozijam de seus anos de experiência e de sabedoria prática. O cabelo branco não é sinal de desgraça que deve cobrir-se, a não ser uma coroa de honra. Quando você se dirija a um ancião, faça-o com respeito. 16.32 O domínio próprio é superior à conquista. O êxito no trabalho, escola ou vida de lar pode arruiná-lo uma pessoa que perdeu o controle de seu temperamento. De modo que é uma grande vitória pessoal controlar o temperamento. Quando sentir que está a ponto de explorar, recorde que perder o controle pode causar uma perda do que mais quer. 16.33 A sorte quase sempre se utilizou em ambientes cerimoniais e era um método usual para determinar a vontade de Deus. Muitos sucessos importantes ocorreram como conseqüência a jogar sortes, incluindo a identificação do Acán como o homem que pecou (Jos 7:14), a repartição da terra prometida entre as diferentes tribos (Jos 14:2) e a seleção do primeiro rei da nação (1Sa 10:16-26). COMO SE DESCREVE A DEUS EM PROVÉRBIOS Provérbios é um livro a respeito da vida sábia. Freqüentemente se centra na resposta e na atitude de uma pessoa para Deus, quem é a fonte da sabedoria. E um número determinado de provérbios assinalam aspectos do caráter de Deus. Conhecer deus nos ajuda a encontrar o caminho da sabedoria. Deus: Está a par de tudo o que acontece:1Sa 15:3 Conhece o coração das pessoas:1Sa 15:11; 1Sa 16:2; 21.2 Controla todas as coisas:1Sa 16:33; 1Sa 21:30 É um lugar seguro:1Sa 18:10 Libera ao justo do perigo:1Sa 11:8, 1Sa 11:21 Condena ao ímpio:1Sa 11:31 goza-se em nossas orações:1Sa 15:8, 1Sa 15:29 Ama aos que o obedecem:1Sa 15:9; 1Sa 22:12 Protege ao pobre e ao necessitado:1Sa 15:25; 1Sa 22:22-23 Desencarde os corações:1Sa 17:3 Abomina o mal:1Sa 17:5; 1Sa 21:27; 1Sa 28:9 Nossa resposta deve ser: Temer a Deus e reverenciá-lo:1Sa 10:27; 1Sa 14:26-27; 1Sa 15:16; 1Sa 16:6; 1Sa 19:23; 1Sa 28:14 Obedecer a Palavra de Deus:1Sa 13:13; 1Sa 19:16 Agradar a Deus:1Sa 21:3 Confiar em Deus:1Sa 22:17-19; 1Sa 29:25





Anúncios