x

Bibliatodo Comentários

Anúncios


Diário Viver
2 Timóteo 2

1. Tu, pois, meu filho, fortifica-te na graça que há em Cristo Jesus.

2. E o que de mim, entre muitas testemunhas, ouviste, confia-o a homens fiéis, que sejam idôneos para também ensinarem os outros.

3. Sofre, pois, comigo, as aflições, como bom soldado de Jesus Cristo.

4. Ninguém que milita se embaraça com negócio desta vida, a fim de agradar àquele que o alistou para a guerra.

5. E, se alguém também milita, não é coroado se não militar legitimamente.

6. O lavrador que trabalha deve ser o primeiro a gozar dos frutos.

7. Considera o que digo, porque o Senhor te dará entendimento em tudo.

8. Lembra-te de que Jesus Cristo, que é da descendência de Davi, ressuscitou dos mortos, segundo o meu evangelho;

9. pelo que sofro trabalhos e até prisões, como um malfeitor; mas a palavra de Deus não está presa.

10. Portanto, tudo sofro por amor dos escolhidos, para que também eles alcancem a salvação que está em Cristo Jesus com glória eterna.

11. Palavra fiel é esta: que, se morrermos com ele, também com ele viveremos;

12. se sofrermos, também com ele reinaremos; se o negarmos, também ele nos negará;

13. se formos infiéis, ele permanece fiel; não pode negar-se a si mesmo.

14. Traze estas coisas à memória, ordenando-lhes diante do Senhor que não tenham contendas de palavras, que para nada aproveitam e são para perversão dos ouvintes.

15. Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade.

16. Mas evita os falatórios profanos, porque produzirão maior impiedade.

17. E a palavra desses roerá como gangrena; entre os quais são Himeneu e Fileto;

18. os quais se desviaram da verdade, dizendo que a ressurreição era já feita, e perverteram a fé de alguns.

19. Todavia, o fundamento de Deus fica firme, tendo este selo: O Senhor conhece os que são seus, e qualquer que profere o nome de Cristo aparte-se da iniqüidade.

20. Ora, numa grande casa não somente há vasos de ouro e de prata, mas também de pau e de barro; uns para honra, outros, porém, para desonra.

21. De sorte que, se alguém se purificar destas coisas, será vaso para honra, santificado e idôneo para uso do Senhor e preparado para toda boa obra.

22. Foge, também, dos desejos da mocidade; e segue a justiça, a fé, a caridade e a paz com os que, com um coração puro, invocam o Senhor.

23. E rejeita as questões loucas e sem instrução, sabendo que produzem contendas.

24. E ao servo do Senhor não convém contender, mas, sim, ser manso para com todos, apto para ensinar, sofredor;

25. instruindo com mansidão os que resistem, a ver se, porventura, Deus lhes dará arrependimento para conhecerem a verdade

26. e tornarem a despertar, desprendendo-se dos laços do diabo, em cuja vontade estão presos.

×
2 Timóteo 2

2.1 Como pode um esforçar-se na graça? Graça significa favor imerecido. Assim como somos salvos por graça (Eph 2:8-9), devemos viver por graça (Col 2:6). Isto significa confiar por completo em Cristo e seu poder, e não tratar de viver em Cristo só em nossas próprias forças. Receba e utilize o poder de Cristo. O lhe dará a fortaleza para fazer sua obra. 2.2 Se a igreja seguisse com firmeza este conselho, expandiria-se geométricamente na medida que crentes bem ensinados ensinem e comissionem a outros os que, a sua vez, farão o mesmo com outros. Os discípulos precisam ser equipados para transmitir sua fé. O trabalho não parecerá mas sim até que novos crentes sejam capazes de fazer discípulos de outros (veja-se Eph 4:12-13). 2.3-7 Ao pregar e ensinar, Timoteo enfrentaria sofrimento, mas resistiria. Paulo usou a comparação de soldados, atletas e agricultores, todos os quais devem disciplinar-se a si mesmos e estar dispostos a sacrificar-se para obter quão resultados querem. Como os soldados, devemos renunciar à segurança mundana e nos submeter a uma disciplina rigorosa. Como os atletas, devemos treinar duro e nos submeter às regras. Como os agricultores, devemos trabalhar arduamente e saber esperar. Mantemo-nos firmes a pesar do sofrimento porque pensamos na vitória, a visão do triunfo e a esperança da colheita. Veremos que o sofrimento vale a pena quando alcançarmos a meta de glorificar a Deus, ganhar pessoas para Cristo e viver eternamente com O. 2.7 Paulo disse ao Timoteo que refletisse em suas palavras e que Deus lhe daria a visão. Deus fala através da Bíblia, sua Palavra, mas nós precisamos estar abertos e receptivos ao. Quando você leia a Bíblia, lhe peça a Deus que lhe mostre suas verdades eternas e a forma das aplicar a sua vida. Considere logo o que tem lido e medite nisso. Deus lhe dará entendimento. 2.8 No Efeso, os falsos professores eram um verdadeiro problema (veja-se Act 20:29-30; 1Ti 1:3-11). No coração de um ensino falso se acha uma visão incorreta de Cristo. Nos tempos do Timoteo muitos afirmavam que Cristo era divino mas não humano, Deus mas não homem. Em nossos dias com freqüência escutamos dizer que Jesus era humano mas não divino, homem mas não Deus. Um ou outro ponto de vista destrói as boas novas de que Jesucristo levou nossos pecados sobre si mesmo e nos reconciliou com Deus. Neste versículo, Paulo estabelece com firmeza que Jesus é completamente homem ("linhagem do Davi") e totalmente Deus ("ressuscitado dos mortos"). Esta é uma doutrina importante para todo cristão. Para mais sobre este conceito chave veja-a nota de Phi 2:5-7. 2.9 Paulo esteve preso e encadeado pelo evangelho que pregava. A verdade a respeito do Jesus não é mais popular em nossos dias que foi nos dias do Paulo, mas segue alcançando corações receptivos. Quando Paulo disse que Jesus era Deus, enfureceu a quão judeus o tinham condenado por blasfêmia; mas muitos judeus chegaram a ser seguidores de Cristo (1Co 1:24). Enfureceu a quão romanos adoravam ao imperador como se fora Deus, mas ainda alguns da casa do César se voltaram para o Jesus (Phi 4:22). Quando Paulo disse que Jesus era humano, enfureceu a quão gregos pensavam que a divindade chegava a manchar-se se tinha algum contato com a humanidade, entretanto muitos gregos aceitaram a fé (Act 11:20-21). A verdade de que Jesus é uma pessoa com duas naturezas unidas nunca foi entendida facilmente mas cada dia há mais pessoas que a aceitam. Apesar da oposição, continue proclamando-a. Alguns escutarão e acreditarão. 2.10 Está Paulo contradizendo a graça quando diz "obtenham a salvação"? A salvação não é algo que se possa ganhar, como Paulo ensinou em Eph 2:8-9. Paulo se está refiriendo a ser fiéis até o fim, não a uma forma de ganhar a salvação. 2.11-13 Possivelmente este seja um dos hinos cristãos primitivos. Deus é fiel com seus filhos e embora devamos sofrer grandes dificuldades aqui, promete-nos que algum dia viveremos eternamente com O. O que significa isto? Significa que os crentes viverão no reino de Cristo e que participaremos da administração do mesmo. Esta verdade confortou ao Paulo enquanto passava pelo sofrimento e a morte. Está você enfrentando provas? Não se além de Deus. O lhe promete um futuro maravilhoso junto Ao. Para maiores detalhes em relação vivendo eternamente com Deus, veja-se Mat 16:24-27; Mat 19:28-30; Luk 22:28-30; Rom 5:17; Rom 6:8; Rom 8:10-11, Rom 8:17; 1Co 15:42-58; Col 3:3-4; 1Th 4:13-18; Rev 3:21; 21.1-22.21. 2.14-16 Paulo precatória ao Timoteo a recordar a quão crentes não discutam sobre detalhes sem importância ou que tenham discussões néscias ("profanas e vões palavras") porque tais argumentos são confusos, inúteis e além nocivos. Os falsos professores amavam as dissensões e divisões por suas sutilezas sem sentido e por seus detalhes sem importância (veja-se 1Ti 6:3-5). Para dirigir a palavra de verdade corretamente, devemos estudar o que a Bíblia diz e logo poderemos entendê-la. 2.15 devido a que Deus examinará a classe de operários que tenhamos sido, edifiquemos nossas vidas sobre sua Palavra e edifiquemos a mesma sobre nossas vidas, porque só ela nos diz como devemos viver para O e lhe servir. Quão crentes ignoram a Bíblia certamente serão envergonhados no julgamento. Um estudo constante e diligente da Palavra de Deus é vital, ou de outro modo seremos adormecidos em negligência para Deus e em nosso verdadeiro propósito para viver. 2.16 Em áreas importantes do ensino cristão, devemos dirigir nossos desacordos com supremo cuidado. Mas quando discutimos por comprido tempo sobre palavras e teorias que não são centrais na fé cristã e na vida, quão único fazemos é provocar irritação e ferir sentimentos. Ainda se tais "vões palavrórios" conduzem a uma resolução, obtêm muito pouco em favor do Reino. Aprender e discutir não são maus em si mesmos, a menos que mantenham aos crentes constantemente expostos a doutrinas falsas ou trivialidades que não ajudam. Não permita que nada o afaste de seu trabalho e serviço a Deus. 2.17, 18 Ao Himeneo também lhe menciona em 1Ti 1:20. Paulo o tinha "entregue a Satanás" porque seus falsos ensinos em relação à ressurreição estava afetando a fé de alguns. 2.18 Os falsos professores negavam a ressurreição do corpo. Acreditavam que quando uma pessoa chegava a ser cristã renascia espiritualmente e que esta era a única ressurreição que teria lugar. Para eles, a ressurreição era simbólica e espiritual, não física. Entretanto, Paulo ensinou com claridade que os crentes ressuscitariam depois de ter morrido e que seus corpos, assim como suas almas, viveriam eternamente com Cristo (1Co 15:35ss, 2Co 5:1-10; 1Th 4:15-18). Não podemos acomodar as doutrinas das Escrituras para que se adaptem a nossas opiniões. Se o fizermos, estamo-nos pondo por cima de Deus. Em lugar disso, nossas crenças devem ser consistentes com a Palavra de Deus. 2.19 Os falsos professores seguem semeando mentiras. Alguns distorcem a verdade, outros a diluem, e outros simplesmente a eliminam dizendo que a verdade de Deus já não se aplica mais. Mas não importa quantos sigam essas mentiras, a sólida verdade de Deus nunca troca, nunca vacila e nunca se debilita. Quando seguimos a verdade de Deus, O nunca nos abandonará. 2.20, 21 Aqui Paulo insiste ante o Timoteo para que seja a classe de pessoa que Cristo possa usar para seus mais nobres propósitos. Não se de acordo com menos que com o melhor de Deus. Deixe que Deus o use como um instrumento de sua vontade. 2.22 Às vezes escapar é considerado uma covardia. Mas as pessoas soube sabem que freqüentemente afastar-se fisicamente da tentação é o ato de valentia maior. Ao Timoteo lhe advertiu que fugisse de qualquer coisa que produzira maus pensamentos (1Ti 6:11). Tem tentações recorrentes difíceis de resistir? Fuja de qualquer situação que estimule seus desejos de pecar. Saber quando afastar-se é tão importante na batalha espiritual como saber quando e como brigar (veja-se também 1Ti 6:11). 2.23-26 Como professor, Timoteo ajudava a aqueles que estavam confundidos a respeito da verdade. A advertência do Paulo ao Timoteo, e a todos os que ensinam a verdade de Deus é ser amável e gentil, paciente e cortês ao explicar a verdade. O bom ensino nunca provoca lutas ou argumentos néscios. Seja que você ensine na Escola Dominical, guie um estudo bíblico ou pregue na igreja, recorde escutar as perguntas que lhe exponham e as trate em forma respeitosa, evitando discussões sem sentido. Se o fizer assim, a gente que lhe opõe estará melhor disposta para ouvir o que você tenha que dizer e talvez troquem sua atitude.





Anúncios