- Anúncios -
x

Bibliatodo Comentários




Diário Viver
1 Crônicas 29

1. Disse mais o rei Davi a toda a congregação: Salomão, meu filho, o único a quem Deus escolheu, é ainda moço e tenro, e esta obra é grande; porque não é palácio para homem, senão para o SENHOR Deus.

2. Eu, pois, com todas as minhas forças já tenho preparado para a Casa do meu Deus ouro para as obras de ouro, e prata para as de prata, e cobre para as de cobre, e ferro para as de ferro, e madeira para as de madeira, e pedras sardônicas, e as de engaste, e pedras de ornato, e obra de embutido, e toda sorte de pedras preciosas, e pedras marmóreas em abundância.

3. E ainda, de minha própria vontade para a Casa do meu Deus, o ouro e prata particular que tenho demais eu dou para a Casa do meu Deus, afora tudo quanto tenho preparado para a casa do santuário:

4. três mil talentos de ouro, do ouro de Ofir, e sete mil talentos de prata purificada, para cobrir as paredes das casas;

5. e ouro para os objetos de ouro, e prata para os de prata, e para toda obra de mãos artífices. Quem, pois, está disposto a encher a sua mão, para oferecer hoje voluntariamente ao SENHOR?

6. Então, os chefes dos pais, e os príncipes das tribos de Israel, e os capitães dos milhares e das centenas e até os capitães da obra do rei voluntariamente contribuíram

7. e deram para o serviço da Casa de Deus cinco mil talentos de ouro, e dez mil dracmas, e dez mil talentos de prata, e dezoito mil talentos de cobre, e cem mil talentos de ferro.

8. E os que se acharam com pedras preciosas as deram para o tesouro da Casa do SENHOR, na mão de Jeiel, o gersonita.

9. E o povo se alegrou do que deram voluntariamente; porque, com coração perfeito, voluntariamente deram ao SENHOR; e também o rei Davi se alegrou com grande alegria.

10. Pelo que Davi louvou ao SENHOR perante os olhos de toda a congregação e disse: Bendito és tu, SENHOR, Deus de nosso pai Israel, de eternidade em eternidade.

11. Tua é, SENHOR, a magnificência, e o poder, e a honra, e a vitória, e a majestade; porque teu é tudo quanto há nos céus e na terra; teu é, SENHOR, o reino, e tu te exaltaste sobre todos como chefe.

12. E riquezas e glória vêm de diante de ti, e tu dominas sobre tudo, e na tua mão há força e poder; e na tua mão está o engrandecer e dar força a tudo.

13. Agora, pois, ó Deus nosso, graças te damos e louvamos o nome da tua glória.

14. Porque quem sou eu, e quem é o meu povo, que tivéssemos poder para tão voluntariamente dar semelhantes coisas? Porque tudo vem de ti, e da tua mão to damos.

15. Porque somos estranhos diante de ti e peregrinos como todos os nossos pais; como a sombra são os nossos dias sobre a terra, e não há outra esperança.

16. SENHOR, Deus nosso, toda esta abundância que preparamos, para te edificar uma casa ao teu santo nome, vem da tua mão e é toda tua.

17. E bem sei eu, Deus meu, que tu provas os corações e que da sinceridade te agradas; eu também, na sinceridade de meu coração, voluntariamente dei todas estas coisas; e agora vi com alegria que o teu povo, que se acha aqui, voluntariamente te deu.

18. SENHOR, Deus de nossos pais Abraão, Isaque e Israel, conserva isso para sempre no intento dos pensamentos do coração de teu povo; e encaminha o seu coração para ti.

19. E a Salomão, meu filho, dá um coração perfeito para guardar os teus mandamentos, os teus testemunhos e os teus estatutos; e para fazer tudo, e para edificar este palácio que tenho preparado.

20. Então, disse Davi a toda a congregação: Agora, louvai ao SENHOR, vosso Deus. Então, toda a congregação louvou ao SENHOR, Deus de seus pais; e inclinaram-se e prostraram-se perante o SENHOR e perante o rei.

21. E, ao outro dia, sacrificaram ao SENHOR sacrifícios e ofereceram holocaustos ao SENHOR: mil bezerros, mil carneiros, mil cordeiros, com as suas libações, e sacrifícios em abundância por todo o Israel.

22. E comeram e beberam, naquele dia, perante o SENHOR, com grande gozo; e, segunda vez, fizeram rei a Salomão, filho de Davi, e o ungiram ao SENHOR por guia, e a Zadoque, por sacerdote.

23. Assim, Salomão se assentou no trono do SENHOR, rei, em lugar de Davi, seu pai, e prosperou; e todo o Israel lhe deu ouvidos.

24. E todos os príncipes, e os grandes, e até todos os filhos do rei Davi se submeteram ao rei Salomão.

25. E o SENHOR magnificou a Salomão grandissimamente perante os olhos de todo o Israel; e deu-lhe majestade real, qual antes dele não teve nenhum rei em Israel.

26. Ora, Davi, filho de Jessé, reinou sobre todo o Israel.

27. E foram os dias que reinou sobre Israel quarenta anos: em Hebrom reinou sete anos e em Jerusalém reinou trinta e três.

28. E morreu numa boa velhice, cheio de dias, riquezas e glória; e Salomão, seu filho, reinou em seu lugar.

29. Os atos, pois, do rei Davi, assim os primeiros como os últimos, eis que estão escritos nas crônicas de Samuel, o vidente, e nas crônicas do profeta Natã, e nas crônicas de Gade, o vidente,

30. juntamente com todo o seu reino, e o seu poder, e os tempos que passaram sobre ele, e sobre Israel, e sobre todos os reinos daquelas terras.

×
1 Crônicas 29

29.1 Salomão tomou o trono em 970 a.C. 29.1 É possível obcecar-se com a construção do edifício de uma igreja e descuidar a igreja real: o povo de Deus. Mas também é mau o oposto: esquecer do edifício da igreja. Davi esclareceu este ponto quando disse do templo: "Porque a casa não é para homem, a não ser para o Jeová Deus". Embora devemos evitar as extravagâncias custosas, devemos recordar que todo edifício de uma igreja é um testemunho visível de Deus. Como pode ser usado melhor o edifício de sua igreja para falar com mundo a respeito de Deus? 29.3-5 Davi deu de sua fortuna pessoal para o templo. Respirou a outros para que seguissem seu exemplo, e o fizeram com gosto. Tanto o tabernáculo (Exodo 35.5-36.7) como o templo foram construídos com as oferendas voluntárias do povo. Podemos fazer como Davi e reconhecer que tudo o que temos vem de Deus (29.14-16). Possivelmente não tenhamos a riqueza do Davi, mas podemos desenvolver sua disposição de dar. O que temos não é o que conta diante de Deus, a não ser nossa disposição para dá-lo. 29.6-9 Estes líderes mostraram uma atitude correta para seu dinheiro ao dá-lo com gozo para a obra de Deus. Esta atitude está descrita pelo Paulo em 2Co 9:7 : "Cada um dê como propôs em seu coração: não com tristeza nem por necessidade, porque Deus ama ao doador alegre". Quando somos generosos porque estamos agradecidos, nossa atitude pode inspirar a outros. Dê com generosidade para a obra de Deus. 29.15 Davi faz um contraste entre a natureza eterna de Deus e as vistas fugazes dos membros de seu povo. Nada perdura a menos que tenha suas raízes no caráter imutável de Deus. Se nossos feitos mais destacados se desvanecem como pó diante de Deus, onde depositaremos nossa confiança? Só em uma relação com Deus podemos encontrar algo permanente. Seu amor nunca desaparece nem nada nos poderá tirar isso. 29.19 "Coração perfeito" significa estar inteiramente dedicado a Deus. Isto é o que Davi queria para o Salomão: Que ele desejasse servir a Deus por cima de tudo. Encontra difícil fazer o que Deus quer ou mais difícil ainda querer fazê-lo? Deus pode lhe dar um coração perfeito. Se acreditar no Jesucristo, isto já está acontecendo em você. Paulo escreveu: "Porque Deus é o que em vós produz assim o querer como o fazer, por sua boa vontade" (Phi 2:13). 29.21 A libação era uma pequena quantidade de vinho que devia ser derramada nos sacrifícios que se faziam a Deus como reconhecimento de que O provia para seu povo. 29.25 Salomão superou a riqueza e a honra de seu pai. O legado do Davi se originou em sua relação vital com Deus, e deu seus valores espirituais como herança ao Salomão. O dinheiro e o poder que deixamos a nossos filhos são menos importantes que o legado espiritual que podemos lhes dar. Que classe de herança receberão seus filhos? 29.29 Um vidente era alguém que recebia mensagens de Deus para a nação por meio de visões ou sonhos. 29.30 O primeiro livro de Crônicas ilustra vividamente a importância de manter uma relação com Deus. As genealogias dos capítulos 1-9 enfatizam a necessidade de uma herança espiritual. A segunda parte do livro detalha a vida do Davi. Poucos homens ou mulheres da Bíblia estiveram tão perto de Deus como Davi. Seu contato diário com Deus incrementou sua capacidade de adoração e fortaleceu seu desejo de construir o templo de Deus. A vida do Davi nos mostra a importância de permanecer perto de Deus: por meio do estudo e a obediência a sua Palavra e a comunicação diária com O. O segundo livro de Crônicas, por outro lado, revela quão rápido podem deteriorar-se nossas vidas (no espiritual, mental e social) quando não podemos permanecer em contato com Deus. PRINCÍPIOS PELOS QUAIS VIVER O rei Davi deu a seu filho Salomão os princípios para guiá-lo ao longo de sua vida (veja-se 1Ch 28:9-10). Estas mesmas idéias são as que qualquer pai cristão queria apresentar a seu filho: 1. Conhecer deus pessoalmente. 2. Aprender os mandamentos de Deus e descobrir o que O quer que você faça. 3. Adorar a Deus com coração perfeito. 4. Servir a Deus com um ânimo voluntário. 5. Ser fiel. 6. Não desalentar-se.