x

Bibliatodo Comentários

Anúncios


Diário Viver
1 Coríntios 2

1. E eu, irmãos, quando fui ter convosco, anunciando-vos o testemunho de Deus, não fui com sublimidade de palavras ou de sabedoria.

2. Porque nada me propus saber entre vós, senão a Jesus Cristo e este crucificado.

3. E eu estive convosco em fraqueza, e em temor, e em grande tremor.

4. A minha palavra e a minha pregação não consistiram em palavras persuasivas de sabedoria humana, mas em demonstração do Espírito e de poder,

5. para que a vossa fé não se apoiasse em sabedoria dos homens, mas no poder de Deus.

6. Todavia, falamos sabedoria entre os perfeitos; não, porém, a sabedoria deste mundo, nem dos príncipes deste mundo, que se aniquilam;

7. mas falamos a sabedoria de Deus, oculta em mistério, a qual Deus ordenou antes dos séculos para nossa glória;

8. a qual nenhum dos príncipes deste mundo conheceu; porque, se a conhecessem, nunca crucificariam ao Senhor da glória.

9. Mas, como está escrito: As coisas que o olho não viu, e o ouvido não ouviu, e não subiram ao coração do homem são as que Deus preparou para os que o amam.

10. Mas Deus no-las revelou pelo seu Espírito; porque o Espírito penetra todas as coisas, ainda as profundezas de Deus.

11. Porque qual dos homens sabe as coisas do homem, senão o espírito do homem, que nele está? Assim também ninguém sabe as coisas de Deus, senão o Espírito de Deus.

12. Mas nós não recebemos o espírito do mundo, mas o Espírito que provém de Deus, para que pudéssemos conhecer o que nos é dado gratuitamente por Deus.

13. As quais também falamos, não com palavras de sabedoria humana, mas com as que o Espírito Santo ensina, comparando as coisas espirituais com as espirituais.

14. Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente.

15. Mas o que é espiritual discerne bem tudo, e ele de ninguém é discernido.

16. Porque quem conheceu a mente do Senhor, para que possa instruí-lo? Mas nós temos a mente de Cristo.

×
1 Coríntios 2

2.1 Paulo se refere a sua primeira visita a Corinto (51 D.C.) quando fundou a igreja durante sua segunda viagem missionária (Act 18:1ss). 2.1-5 Paulo era um expositor brilhante. Podia manter cativados a seus ouvintes com seus argumentos intelectuais. Mas preferia anunciar a mensagem singela do evangelho do Jesucristo, deixando que o Espírito Santo guiasse suas palavras. Ao pregar o evangelho a outros, deveríamos seguir o exemplo do Paulo e manter nossa mensagem elementar e singela. O Espírito Santo dará poder a nossas palavras e as usará para glorificar ao Jesus. 2.4 A confiança do Paulo não radicava em seu agudo intelecto ou em sua habilidade para falar, a não ser no reconhecimento de que o Espírito Santo o ajudava e o guiava. Paulo não negava a importância do estudo e a preparação para pregar; ele teve uma instrução profunda das Escrituras. A predicación efetiva deve combinar a preparação e o estudo com a obra do Espírito Santo. Não use a asseveração do Paulo como uma desculpa para não estudar ou preparar-se. 2.7 A "sabedoria de Deus em mistério, a sabedoria oculta" era seu oferecimento de salvação a todos. Originalmente desconhecido para a humanidade, este plano chegou a cristalizar-se quando Jesus ressuscitou da morte. Sua ressurreição provou que tinha poder sobre o pecado e a morte e que agora poderia nos oferecer este poder também (vejam-se 1Pe 1:10-12 e a primeira nota em Rom 16:25-27). Entretanto, o plano de Deus, ainda permanece oculto aos incrédulos devido a que rehúsan aceitá-lo, decidem desconhecê-lo ou simplesmente não o ouviram. 2.8 Jesus foi incomprendido e rechaçado por aqueles que o mundo considerava sábios e grandes. Foi sentenciado a morte pelos líderes na Palestina: o supremo sacerdote, o rei Herodes, Pilato, os fariseus e saduceos. O rechaço do Jesus por parte destes líderes foi antecipado em Isa 53:3 e Zec 12:10-11. 2.9 Não podemos imaginar tudo o que Deus tem reservado para nós nesta vida e na eternidade. Criará um céu novo e uma terra nova (Isa 65:17, Rev 21:1), e viveremos com O para sempre. Enquanto isso, o Espírito Santo nos consola e guia. Ao saber o futuro maravilhoso e eterno que nos espera, dá-nos esperança e valor para seguir adiante nesta vida, para tolerar as dificuldades e evitar que cedamos à tentação. Este mundo não é tudo o que é. O melhor ainda está por vir. 2.10 "O profundo de Deus" se refere à natureza insondável de Deus e seu maravilhoso plano, morte e ressurreição, assim como a promessa de salvação, revelados somente a aqueles que acreditam que tudo o que Deus diz é verdade. Aqueles que acreditam na morte e ressurreição de Cristo e põem sua fé no, saberão tudo o que precisam saber para ser salvos. Este conhecimento, entretanto, não o poderá possuir até a gente mais sábia, a menos que aceitem a mensagem de Deus. Todos aqueles que o rechacem são néscios, sem importar quão sábios os considere o mundo. 2.13 As palavras do Paulo têm autoridade porque sua fonte é o Espírito Santo. Paulo não estava meramente dando seus próprios pontos de vista ou impressões do que Deus tinha que dizer. Sob a inspiração do Espírito Santo, escreveu os mesmos pensamentos e palavras de Deus. 2.14, 15 Os que não são cristãos não podem entender a Deus, e não podem captar o conceito de que o Espírito de Deus vive nos crentes. Não espere que a maioria da gente aprove ou até entenda sua decisão de seguir a Cristo. Tudo parece parvo para eles. Assim como uma pessoa sem ouvido musical não pode apreciar a música agradável, que rechaça a Deus não pode entender o formoso de sua mensagem. As linhas de comunicação estão rotas, e não pode ouvir o que Deus lhe está dizendo. 2.15, 16 Ninguém pode compreender a Deus (Rom 11:34), só mediante a guia do Espírito Santo, os crentes podem vislumbrar alguns dos planos, pensamentos e ações de Deus; em realidade, têm a "mente de Cristo". Mediante seu Espírito Santo podemos começar a conhecer seus pensamentos, falar com O, e esperar sua resposta a nossas orações. Está passando o tempo suficiente com Cristo para ter sua mesma mente? Uma relação íntima com Cristo vem só como resultado de passar um tempo constante em sua presença e com sua Palavra. Leia-se Phi 2:5ss para maior informação a respeito da mente de Cristo.





Anúncios