x

Bibliatodo Comentários

Anúncios


Diário Viver
Josué 24

1. ¶ Depois, reuniu Josué todas as tribos de Israel em Siquém e chamou os anciãos de Israel, os seus cabeças, os seus juízes e os seus oficiais; e eles se apresentaram diante de Deus.

2. Então, Josué disse a todo o povo: Assim diz o SENHOR, Deus de Israel: Antigamente, vossos pais, Tera, pai de Abraão e de Naor, habitaram dalém do Eufrates e serviram a outros deuses.

3. Eu, porém, tomei Abraão, vosso pai, dalém do rio e o fiz percorrer toda a terra de Canaã; também lhe multipliquei a descendência e lhe dei Isaque.

4. A Isaque dei Jacó e Esaú e a Esaú dei em possessão as montanhas de Seir; porém Jacó e seus filhos desceram para o Egito.

5. Então, enviei Moisés e Arão e feri o Egito com o que fiz no meio dele; e, depois, vos tirei de lá.

6. Tirando eu vossos pais do Egito, viestes ao mar; os egípcios perseguiram vossos pais, com carros e com cavaleiros, até ao mar Vermelho.

7. E, clamando vossos pais, o SENHOR pôs escuridão entre vós e os egípcios, e trouxe o mar sobre estes, e o mar os cobriu; e os vossos olhos viram o que eu fiz no Egito. Então, habitastes no deserto por muito tempo.

8. Daí eu vos trouxe à terra dos amorreus, que habitavam dalém do Jordão, os quais pelejaram contra vós outros; porém os entreguei nas vossas mãos, e possuístes a sua terra; e os destruí diante de vós.

9. Levantou-se, também, o rei de Moabe, Balaque, filho de Zipor, e pelejou contra Israel; mandou chamar Balaão, filho de Beor, para que vos amaldiçoasse.

10. Porém eu não quis ouvir Balaão; e ele teve de vos abençoar; e, assim, vos livrei da sua mão.

11. Passando vós o Jordão e vindo a Jericó, os habitantes de Jericó pelejaram contra vós outros e também os amorreus, os ferezeus, os cananeus, os heteus, os girgaseus, os heveus e os jebuseus; porém os entreguei nas vossas mãos.

12. Enviei vespões adiante de vós, que os expulsaram da vossa presença, bem como os dois reis dos amorreus, e isso não com a tua espada, nem com o teu arco.

13. Dei-vos a terra em que não trabalhastes e cidades que não edificastes, e habitais nelas; comeis das vinhas e dos olivais que não plantastes.

14. Agora, pois, temei ao SENHOR e servi-o com integridade e com fidelidade; deitai fora os deuses aos quais serviram vossos pais dalém do Eufrates e no Egito e servi ao SENHOR.

15. ¶ Porém, se vos parece mal servir ao SENHOR, escolhei, hoje, a quem sirvais: se aos deuses a quem serviram vossos pais que estavam dalém do Eufrates ou aos deuses dos amorreus em cuja terra habitais. Eu e a minha casa serviremos ao SENHOR.

16. Então, respondeu o povo e disse: Longe de nós o abandonarmos o SENHOR para servirmos a outros deuses;

17. porque o SENHOR é o nosso Deus; ele é quem nos fez subir, a nós e a nossos pais, da terra do Egito, da casa da servidão, quem fez estes grandes sinais aos nossos olhos e nos guardou por todo o caminho em que andamos e entre todos os povos pelo meio dos quais passamos.

18. O SENHOR expulsou de diante de nós todas estas gentes, até o amorreu, morador da terra; portanto, nós também serviremos ao SENHOR, pois ele é o nosso Deus.

19. Então, Josué disse ao povo: Não podereis servir ao SENHOR, porquanto é Deus santo, Deus zeloso, que não perdoará a vossa transgressão nem os vossos pecados.

20. Se deixardes o SENHOR e servirdes a deuses estranhos, então, se voltará, e vos fará mal, e vos consumirá, depois de vos ter feito bem.

21. Então, disse o povo a Josué: Não; antes, serviremos ao SENHOR.

22. Josué disse ao povo: Sois testemunhas contra vós mesmos de que escolhestes o SENHOR para o servir. E disseram: Nós o somos.

23. Agora, pois, deitai fora os deuses estranhos que há no meio de vós e inclinai o coração ao SENHOR, Deus de Israel.

24. Disse o povo a Josué: Ao SENHOR, nosso Deus, serviremos e obedeceremos à sua voz.

25. Assim, naquele dia, fez Josué aliança com o povo e lha pôs por estatuto e direito em Siquém.

26. Josué escreveu estas palavras no Livro da Lei de Deus; tomou uma grande pedra e a erigiu ali debaixo do carvalho que estava em lugar santo do SENHOR.

27. Disse Josué a todo o povo: Eis que esta pedra nos será testemunha, pois ouviu todas as palavras que o SENHOR nos tem dito; portanto, será testemunha contra vós outros para que não mintais a vosso Deus.

28. Então, Josué despediu o povo, cada um para a sua herança.

29. ¶ Depois destas coisas, sucedeu que Josué, filho de Num, servo do SENHOR, faleceu com a idade de cento e dez anos.

30. Sepultaram-no na sua própria herança, em Timnate-Sera, que está na região montanhosa de Efraim, para o norte do monte Gaás.

31. Serviu, pois, Israel ao SENHOR todos os dias de Josué e todos os dias dos anciãos que ainda sobreviveram por muito tempo depois de Josué e que sabiam todas as obras feitas pelo SENHOR a Israel.

32. Os ossos de José, que os filhos de Israel trouxeram do Egito, enterraram-nos em Siquém, naquela parte do campo que Jacó comprara aos filhos de Hamor, pai de Siquém, por cem peças de prata, e que veio a ser a herança dos filhos de José.

33. Faleceu também Eleazar, filho de Arão, e o sepultaram em Gibeá, pertencente a Finéias, seu filho, a qual lhe fora dada na região montanhosa de Efraim.

×
Josué 24

24.15 A gente tinha que decidir se obedecia a Deus, que tinha comprovado sua fidelidade, ou se obedecia aos deuses locais, que solo eram ídolos feitos pelos homens. É fácil cair em uma rebelião silenciosa, seguindo com nossa vida a nossa própria maneira. Mas chega o momento em que temos que decidir quem ou o que nos controlará. A eleição é seu Será Deus, sua própria personalidade limitada ou outro substituto imperfeito? Uma vez que decidiu ser controlado pelo Espírito de Deus, deve reafirmar esta decisão todos os dias. 24.15 Ao declarar-se definitivamente do lado do Senhor, Josué de novo demonstrou sua qualidade de líder espiritual. Não importa o que outros tivessem decidido, Josué teve que fazer um compromisso com Deus e estava disposto a dar o exemplo de viver de acordo com essa decisão. A maneira em que vivemos demonstra a outros a seriedade de nosso compromisso para servir a Deus. 24.16-18, 21 Toda a gente da nação proclamou corajosamente que nunca abandonaria ao Senhor. Mas não cumpriram essa promessa. Muito em breve Deus lhes acusaria de violar seu próprio pacto com O (Jdg 2:2-3). Falar é fácil. É fácil dizer que seguiremos a Deus, mas é mais importante cumpri-lo com nossas vidas. Entretanto, a nação seguiu a Deus ao longo da vida do Josué, o qual foi um grande tributo à fé em Deus do Josué e sua liderança poderosa. 24.23 Josué mandou aos israelitas a desprezar os deuses estrangeiros ou ídolos. Seguir a Deus exige a destruição de algo que límpida nossa adoração ao. Nós temos nossa própria versão de ídolos em nossas vidas -avareza, prioridades equivocadas, ciúmes, prejuízos- que impedem nossa adoração a Deus. Deus não está satisfeito se simplesmente escondermos estes ídolos. Temos que eliminá-los totalmente de nossas vidas. 24.24-26 O pacto entre o Israel e Deus era que o povo adoraria e obedecia só ao Senhor. O propósito deles era converter-se em uma nação Santa que teria uma influência para Deus no resto do mundo. A conquista do Canaán representava um meio para obter este propósito, mas o Israel se preocupou com a terra e perdeu de vista a seu Senhor e Deus. O mesmo pode acontecer em nossas vidas. Podemos gastar tanto tempo nos meios que nos esquecemos do fim que perseguimos: glorificar a Deus. As Iglesias também cometem este engano. Por exemplo, a congregação pode investir todas suas energias em um novo edifício e voltar-se satisfeitos de si mesmos ou temerosos de deixar que outros grupos o usem. Se isto acontecer, concentraram-se no edifício e perderam que vista seu propósito: trazer para outros a Deus. 24.29-31 O livro do Josué começa com um novo líder que recebe uma tarefa que parece impossível: possuir a terra do Canaán. Ao seguir a Deus muito de perto, Josué guiou ao povo por meio de vitórias militares e de uma obediência e fidelidade espiritual. Em 24.16 lemos que o povo estava seguro de que nunca abandonaria ao Senhor. A resposta de toda a nação durante estes largos anos é um tributo tanto à liderança do Josué como ao Deus ao qual serve com tanta fidelidade. 24.33 Josué e Eleazar tinham morrido, mas não antes de lhe expor ao povo os fundamentos do que significa ter fé em Deus. Devemos temer e servir só ao Senhor (24.14). Isto se apóia em uma decisão: de lhe obedecer ao em lugar de seguir a outros ídolos (24.15). Somos incapazes, entretanto, de adorar o de maneira apropriada por causa de nossa rebelião e pecado (24.19). Ao escolher a Deus como Senhor entramos em um pacto com Deus (24.25) no qual O promete não só nos perdoar e nos amar, mas também nos dar o poder de seu Espírito para fazer sua obra aqui na terra. Também significa que devemos renunciar aos princípios e costumes da cultura que nos rodeia que se opõem ao plano de Deus (24.23). Isto não o devemos fazer sozinhos sem apoio, mas sim por meio de nos unir com outros que possuem nossa mesma fé em Deus. (Veja-se Deu 30:15-20 para uma mensagem similar do Moisés.) O DISCURSO FINAL DO JOSUE : Josué chamou a todos os israelitas ao Siquem para ouvir suas palavras finais. Desafiou ao povo a fazer uma decisão consciente de lhe servir a Deus sempre. Pouco tempo depois, Josué morreu e foi sepultado na cidade do Timnat-sera. NOMES DE DEUS Elohim Deus Gen 1:1





Anúncios