x

Bibliatodo Comentários

Anúncios


Notas RV 1995 - Comentário da Versão Reina Valera
Joel 1

1. Palavra do SENHOR, que foi dirigida a Joel, filho de Petuel.

2. Ouvi isto, vós anciãos, e escutai, todos os moradores da terra: Porventura isto aconteceu em vossos dias, ou nos dias de vossos pais?

3. Fazei sobre isto uma narração a vossos filhos, e vossos filhos a seus filhos, e os filhos destes à outra geração.

4. O que ficou da lagarta, o gafanhoto o comeu, e o que ficou do gafanhoto, a locusta o comeu, e o que ficou da locusta, o pulgão o comeu.

5. Despertai-vos, bêbados, e chorai; gemei, todos os que bebeis vinho, por causa do mosto, porque tirado é da vossa boca.

6. Porque subiu contra a minha terra uma nação poderosa e sem número; os seus dentes são dentes de leão, e têm queixadas de um leão velho.

7. Fez da minha vide uma assolação, e tirou a casca da minha figueira; despiu-a toda, e a lançou por terra; os seus sarmentos se embranqueceram.

8. Lamenta como a virgem que está cingida de saco, pelo marido da sua mocidade.

9. Foi cortada a oferta de alimentos e a libação da casa do SENHOR; os sacerdotes, ministros do SENHOR, estão entristecidos.

10. O campo está assolado, e a terra triste; porque o trigo está destruído, o mosto se secou, o azeite acabou.

11. Envergonhai-vos, lavradores, gemei, vinhateiros, sobre o trigo e a cevada; porque a colheita do campo pereceu.

12. A vide se secou, a figueira se murchou, a romeira também, e a palmeira e a macieira; todas as árvores do campo se secaram, e já não há alegria entre os filhos dos homens.

13. Cingi-vos e lamentai-vos, sacerdotes; gemei, ministros do altar; entrai e passai a noite vestidos de saco, ministros do meu Deus; porque a oferta de alimentos, e a libação, foram cortadas da casa de vosso Deus.

14. Santificai um jejum, convocai uma assembléia solene, congregai os anciãos, e todos os moradores desta terra, na casa do SENHOR vosso Deus, e clamai ao SENHOR.

15. Ai do dia! Porque o dia do SENHOR está perto, e virá como uma assolação do Todo-Poderoso.

16. Porventura o mantimento não está cortado de diante de nossos olhos, a alegria e o regozijo da casa de nosso Deus?

17. As sementes apodreceram debaixo dos seus torrões, os celeiros foram assolados, os armazéns derrubados, porque se secou o trigo.

18. Como geme o animal! As manadas de gados estão confusas, porque não têm pasto; também os rebanhos de ovelhas estão perecendo.

19. A ti, ó SENHOR, clamo, porque o fogo consumiu os pastos do deserto, e a chama abrasou todas as árvores do campo.

20. Também todos os animais do campo bramam a ti; porque as correntes de água se secaram, e o fogo consumiu os pastos do deserto.

×
Joel 1

Notas do Capítulo: [1] 1.1 Em lugar do Petuel, algumas versões antigas lêem Betuel. [2] 1.1 A respeito dos cabeçalhos dos livros proféticos, veja-se Is 1.1 nota B. Cf. Jn 1.1. [3] 1.2 Ouçam: Cf. Dt 32.1; Is 1.10; 28.23; Os 5.1; Miq 1.2. [4] 1.2 Anciões: Ao princípio se designava com este término às pessoas de idade que eram reconhecidas como chefes em seus respectivos clãs e tribos. Depois, a palavra passou a ser um título dos que estavam constituídos em autoridade e eram responsáveis por fazer justiça (cf. Dt 19.12; 21.1-9,19; 22.13-21; 25.7-8). A menção dos anciões neste V. poderia conservar a referência à idade, porque nem sequer eles, apesar de seus muitos anos, tinham presenciado uma calamidade tão terrível. [5] 1.3 A revelação de Deus nos acontecimentos históricos é uma nota distintiva da fé do Israel (cf. Dt 26.5-10). Por isso, o povo devia recordar e transmitir às gerações seguintes os fatos em que se manifestou de um modo especial o amor e o poder do Senhor, como o êxodo do Egito e a entrada na terra prometida (vejam-nas referências em Sl 44.1 N.). Entretanto, o que se tem que recordar e transmitir agora é uma terrível praga de lagostas; quer dizer, não um ato de salvação mas sim de julgamento, para que sirva de advertência às gerações futuras. Cf. Jr 4.8 N. [6] 1.4 O texto hebreu se refere às lagostas com quatro términos diferentes, cujo significado exato é objeto de discussão. Segundo alguns intérpretes, trataria-se de quatro variedades ou espécies distintas; segundo outros, esses términos designam quatro etapas no desenvolvimento biológico de tais insetos. Também se sugeriu que a menção de "quatro" classes de lagostas significa a destruição total. Veja-se Ez 8.1-18 N. [7] 1.4 Desde tempos remotos, as pragas de lagostas semearam a desolação e o terror (cf. Jl 2.6), pelos danos irreparáveis ocasionados à vegetação. Cf. Ex 10.1-15; Dt 28.38; 2 Rss 8.37; Sl 105.34-35; Am 4.9. [8] 1.5 Os bêbados sofrem de um modo especial as conseqüências do desastre, por causa da falta de vinho. [9] 1.6 Porque um povo forte e inumerável: Outra tradução: Pois a lagosta, como um exército forte e numeroso: Jl 2.2-11; cf. PV 30.27. [10] 1.10 O campo está assolado: Uma seca de grandes proporcione aumentava a gravidade da catástrofe. A seca e as pragas de lagostas revistam produzir-se simultaneamente (2 Rss 8.35-37; 2 Cr 6.26-28; Am 4.6-9). [11] 1.13 Vestíos de luto: outra tradução: de roupas ásperas: vestimentas confeccionadas com cabelo de camelo ou de cabra e utilizadas para fazer penitência (2 Sm 3.31; 2 Rs 6.30; Jr 4.8). [12] 1.13 O vinho, o trigo e os olivos (de cujo fruto - a azeitona - faz-se o azeite) eram elementos indispensáveis para o culto do templo (cf., p.e., Lv 6.14-17; 24.1-9). Na situação descrita pelo profeta, a perda das colheitas tinha sido total, de maneira que até deveram interrompê-los sacrifícios diários (cf. Dn 8.11; 11.31; 12.11). [13] 1.14 Jejum: Is 58.1-12; Jn 3.3-9. [14] 1.14 Ante a magnitude do desastre, o profeta precatória ao arrependimento. Solo uma sincera conversão poderá deter o castigo e fazer que o Senhor benza de novo a seu povo (Jl 2.12-17). [15] 1.15 A catástrofe natural é um sinal que preanuncia a chegada do dia do Jeová, tema central deste livro (cf. Jl 2.1-2; 2.31; 3.14). Esse dia será um acontecimento de dimensões cósmicas. As nações serão julgadas por quão maus infligiram ao povo de Deus (Jl 3.2), mas todo aquele que invoque o nome do Jeová será salvo (Jl 2.32). Cf. Am 5.18-20; Sof 1.14-18. [16] 1.15 O Todo-poderoso: Veja-se Gn 17.1 N.; Is 13.6; Ez 30.2-3; Sof 1.14-18; veja-se também Deus na Concordância temática.





Anúncios