- Anúncios -
x

Bíblia On-line




Romanos 11 - Versão Católica com cabeçalhos

O futuro de Israel

1. Deus não rejeitou o seu povo Pergunto então: Será que Deus rejeitou o seu povo? De jeito nenhum! Eu também sou israelita, da descendência de Abraão, da tribo de Benjamim.

2. Deus não rejeitou o seu povo, que ele tinha conhecido desde o princípio. Ou vocês não sabem o que a Escritura diz na passagem em que Elias acusa Israel diante de Deus?

3. Senhor, eles mataram os teus profetas, arrasaram os teus altares; fiquei apenas eu, e ainda procuram tirar minha vida.

4. O que foi que a voz divina respondeu para ele? ""Reservei para mim sete mil homens que não dobraram o joelho diante de Baal.""

5. É o que continua acontecendo hoje: sobrou um resto, conforme a livre escolha da graça.

6. E isso acontece pela graça, e não pelas obras; do contrário, a graça já não seria graça.

7. O que dizer então? Israel não conseguiu aquilo que procurava, mas os escolhidos conseguiram. Os demais ficaram endurecidos,

8. como diz a Escritura: ""Deus deu a eles um espírito de torpor, olhos para não verem e ouvidos para não ouvirem, até o dia de hoje.""

9. E Davi diz: ""Que a mesa deles se transforme em cilada, em armadilha, em motivo de tropeço e justo castigo.

10. Que seus olhos fiquem escuros para não verem, e faze com que suas costas fiquem sempre encurvadas.""

11. Gentios - os ramos enxertados Agora eu pergunto: Será que eles tropeçaram para ficarem caídos? De jeito nenhum! Mas assim aconteceu para que a queda de Israel tornasse possível a salvação para os pagãos, e para que Israel ficass

12. Ora, se a queda de Israel se tornou riqueza para o mundo e se sua decadência se tornou riqueza para os pagãos, o que não será a total participação de Israel na salvação!

13. Portanto, digo a vocês, pagãos: como apóstolo dos pagãos, eu honro o meu ministério,

14. para ver se provoco o ciúme dos que pertencem à minha raça, e se consigo salvar alguns deles.

15. Pois se o fato de eles serem rejeitados trouxe a reconciliação do mundo, o efeito da reintegração deles será a ressurreição dos mortos.

16. Se os primeiros frutos são santos, toda a massa também será santa; se a raiz é santa, os ramos também serão santos.

17. Se alguns ramos foram cortados, e você, oliveira selvagem, foi enxertada no lugar deles e agora recebe a seiva das raízes,

18. não se envaideça nem despreze os ramos. Se você se orgulha, saiba que não é você que sustenta a raiz, mas é a raiz quem sustenta você.

19. Você poderá dizer: ""Os ramos foram cortados para que eu fosse enxertada"".

20. Certo! Mas eles foram cortados por causa da falta de fé deles, enquanto você permanece firme pela fé. Não fique cheia de soberba, mas de temor,

21. porque, se Deus não poupou os ramos naturais, também não poupará você.

22. Considere, portanto, a bondade e severidade de Deus: severidade para com aqueles que caíram, mas bondade de Deus para com você, sob a condição, porém, de que seja fiel a essa bondade. Do contrário, você também será cortada.

23. Quanto a eles, se não permanecerem na falta de fé, serão enxertados, pois Deus é capaz de enxertá-los de novo.

24. Pois, se você foi cortada de uma oliveira selvagem e contra a natureza foi enxertada na oliveira boa, tanto mais eles poderão ser enxertados na própria oliveira boa à qual pertencem.

25. A misericórdia de Deus é para todos Irmãos, não quero que vocês ignorem este mistério, para que vocês não se tornem convencidos: o endurecimento de uma parte de Israel vai durar até que chegue a plenitude das nações.

26. Então, todo o Israel será salvo, como diz a Escritura: ""De Sião sairá o libertador, ele vai tirar as impiedades de Jacó;

27. essa será a minha aliança com eles, quando eu perdoar os seus pecados"".

28. Quanto ao Evangelho, eles são inimigos, para vantagem de vocês; mas, quanto à eleição, eles são amados, por causa dos patriarcas,

29. porque os dons e o chamado de Deus são irrevogáveis.

30. Vocês foram desobedientes a Deus, e agora, pela desobediência deles, vocês conseguiram misericórdia.

31. Do mesmo modo, também eles agora desobedeceram, a fim de que, pela misericórdia feita a vocês, eles consigam então a misericórdia para eles.

32. Deus encerrou todos na desobediência, para ser misericordioso com todos.

Hino de adoração

33. Como é profunda a riqueza, a sabedoria e a ciência de Deus! Como são insondáveis as suas decisões, e como são impenetráveis seus caminhos!

34. Quem poderá compreender o pensamento do Senhor? Quem foi o seu conselheiro?

35. Quem lhe emprestou alguma coisa, para que ele tenha algo a devolver?

36. Porque todas as coisas vêm dele, por meio dele e vão para ele. A ele pertence a glória para sempre. Amém.