Anúncios
x

Bíblia On-line




Provérbios 18 - Versão Católica com cabeçalhos

1. O solitário segue seus caprichos e não faz caso de conselho nenhum.

2. O insensato não gosta da discrição; só quer espalhar o que pensa.

3. A injustiça provoca a infâmia, e a desonra provoca o insulto.

4. As palavras de um homem são água profunda, torrente transbordante e fonte de sabedoria.

5. Não é justo favorecer o culpado, deixando de fazer justiça ao inocente.

6. Os lábios do insensato provocam brigas e sua boca pede uma surra.

7. A boca do insensato provoca sua própria ruína, e seus lábios são armadilha para a sua própria vida.

8. As palavras do caluniador são guloseimas que descem até o fundo do ventre.

9. O relaxado no trabalho é irmão de quem desperdiça.

10. O nome de Javé é torre fortificada; o justo corre para ela e fica protegido.

11. A fortuna do rico é sua fortaleza, e ele a imagina como alta muralha.

12. Antes da ruína, o coração se exalta, mas antes da honra vem a humildade.

13. Quem responde antes de ouvir mostra que é tolo e passa vergonha.

14. O bom ânimo sustenta na doença. Mas quem levantará o espírito abatido?

15. O inteligente adquire saber, e o ouvido sensato deseja aprender.

16. Dar presentes abre as portas para a pessoa, e a conduz à presença dos grandes.

17. O primeiro que se defende sempre tem razão, até que chegue outro e fale o contrário.

18. Tirar a sorte acaba com as discussões e decide entre os poderosos.

19. Irmão ofendido é pior que fortaleza, e as brigas são como portões de castelo.

20. Com a boca, a pessoa sacia o estômago e sacia com a colheita dos lábios.

21. Morte e vida dependem da língua; quem sabe usá-la, comerá do seu fruto.

22. Quem encontra uma esposa, encontra a felicidade, e alcança o favor de Javé.

23. O pobre fala suplicando, e o rico responde com dureza.

24. Muitos amigos levam para a desgraça, mas existem amigos mais queridos que um irmão.