x

Bíblia On-line

Anúncios




Malaquias 1 - Versão Católica com cabeçalhos

A ingratidão do povo. O formalismo dos sacerdotes

1. O amor de Deus pelo seu povo Oráculo. Palavra de Javé a Israel por intermédio de Malaquias.

2. Javé diz: ""Eu amo vocês"". E vocês perguntam: ""De que jeito nos amas?"" Esaú, por acaso, não era irmão de Jacó? - oráculo de Javé. Pois eu amei Jacó

3. e odiei Esaú. Eu fiz da montanha de Esaú um lugar arrasado e entreguei a herança dele aos lobos do campo.

4. Se Edom disser: ""Fomos destruídos, mas vamos reconstruir o que foi derrubado"", eis o que fala Javé dos exércitos: Eles podem construir, que eu destruo de novo. Edom vai ter o nome de ""Lugar condenado, Povo que Javé odiou para sempre"".

5. Os olhos de vocês hão de ver, e vocês dirão: ""Javé é de fato muito grande, muito além das fronteiras de Israel"".

6. Sacrifícios imundos Um filho honra o pai e um escravo honra o seu senhor. Se eu sou pai, onde está a honra que me é devida? Se eu sou senhor, onde está o respeito que me é devido? Javé dos exércitos fala a vocês, sacerdotes que

7. Vocês colocam no meu altar alimento impuro, e ainda perguntam: ""Como foi que te profanamos?"" Vocês acham que a mesa de Javé é desprezível,

8. que trazer um animal cego para oferecer em sacrifício não é um mal, que trazer um animal coxo ou doente também não é um mal? Ofereçam uma coisa dessas ao governador de vocês: acham que ele vai aceitar e ficar agradecido? - diz Javé dos exércitos.

9. Agora vocês suplicam a Deus para que ele tenha pena de vocês! Se vocês fazem tais coisas, será que ele deveria ter consideração para com vocês? - diz Javé dos exércitos.

10. Ah! Se houvesse alguém de vocês para fechar as portas do Templo, a fim de que o meu altar não fosse aceso em vão! Vocês não me agradam mais - diz Javé dos exércitos. Eu não aceito a oferta de suas mãos.

11. Desde o Oriente até o Ocidente, é grande o meu nome entre as nações. E em todo lugar se oferece incenso ao meu nome e uma oferta pura, pois grande é o meu nome entre as nações - diz Javé dos exércitos.

12. Vocês profanaram o meu nome ao dizerem: ""A mesa do Senhor está contaminada e a comida que está em cima dela não tem valor"".

13. E ainda dizem: ""Que canseira!"" Vocês me desprezam - diz Javé dos exércitos - e oferecem animais roubados, coxos e doentes, e ainda querem que eu os receba de suas mãos? - diz Javé dos exércitos.

14. Maldito o trapaceiro que, tendo em seu rebanho um touro, me oferece em sacrifício um animal defeituoso. Pois eu sou o grande rei - diz Javé dos exércitos - e o meu nome é respeitado entre as nações.





Anúncios