x

Bíblia On-line

Anúncios




Gálatas 1 - Versão Católica com cabeçalhos

Prefácio e saudação

1. Paulo, apóstolo não da parte dos homens, nem por meio de um homem, mas da parte de Jesus Cristo e de Deus Pai, que o ressuscitou dos mortos.

2. Eu e todos os irmãos que estão comigo, às igrejas da Galácia.

3. Que a graça e a paz de Deus nosso Pai e do Senhor Jesus Cristo estejam com vocês.

4. Cristo entregou-se pelos nossos pecados para nos arrancar deste mundo mau, segundo a vontade de nosso Deus e Pai.

5. A Deus seja dada a glória para sempre. Amém.

A inconstância dos gálatas. Paulo vindica a autoridade divina do seu apostolado e da sua doutrina

6. Há um só evangelho Estou admirado de vocês estarem abandonando tão depressa aquele que os chamou por meio da graça de Cristo, para aceitarem outro evangelho.

7. Na realidade, porém, não existe outro evangelho. Há somente pessoas que estão semeando confusão entre vocês, e querem deturpar o Evangelho de Cristo.

8. Maldito aquele que anunciar a vocês um evangelho diferente daquele que anunciamos, ainda que sejamos nós mesmos ou algum anjo do céu.

9. Já dissemos antes e agora repetimos: Maldito seja quem anunciar um evangelho diferente daquele que vocês receberam.

10. Por acaso é aprovação dos homens que estou procurando, ou é aprovação de Deus? Ou estou procurando agradar aos homens? Se estivesse procurando agradar aos homens, eu já não seria servo de Cristo.

11. Paulo foi chamado por Deus Irmãos, eu declaro a vocês: o Evangelho por mim anunciado não é invenção humana.

12. E, além disso, não o recebi nem aprendi através de um homem, mas por revelação de Jesus Cristo.

13. Certamente vocês ouviram falar do que eu fazia quando estava no judaísmo. Sabem como eu perseguia com violência a Igreja de Deus e fazia de tudo para arrasá-la.

14. Eu superava no judaísmo a maior parte dos compatriotas da minha idade, e procurava seguir com todo o zelo as tradições dos meus antepassados.

15. Deus, porém, me escolheu antes de eu nascer e me chamou por sua graça. Quando ele resolveu

16. revelar em mim o seu Filho, para que eu o anunciasse entre os pagãos, não consultei a ninguém,

17. nem subi a Jerusalém para me encontrar com aqueles que eram apóstolos antes de mim. Pelo contrário, fui para a Arábia, e depois voltei para Damasco.

18. Três anos mais tarde, fui a Jerusalém para conhecer Pedro, e fiquei com ele quinze dias.

19. Entretanto, não vi nenhum outro apóstolo, a não ser Tiago, o irmão do Senhor.

20. Deus é testemunha: o que estou escrevendo a vocês não é mentira.

21. Depois fui para as regiões da Síria e da Cilícia,

22. de modo que as igrejas de Cristo na Judéia não me conheciam pessoalmente.

23. Elas apenas ouviam dizer: ""Aquele que nos perseguia, agora está anunciando a fé que antes procurava destruir.""

24. E louvavam a Deus por minha causa.