Anúncios
x

Bíblia On-line




Êxodo 16 - Versão Católica com cabeçalhos

Deus manda o maná

1. O maná e as codornizes Toda a comunidade de Israel partiu de Elim e chegou ao deserto de Sin, entre Elim e o Sinai, no dia quinze do segundo mês após a saída do Egito.

2. Toda a comunidade de Israel murmurou contra Moisés e Aarão no deserto,

3. dizendo: ""Era melhor termos sido mortos pela mão de Javé na terra do Egito, onde estávamos sentados junto à panela de carne, comendo pão com fartura. Vocês nos trouxeram a este deserto para fazer toda esta multidão morrer de fome!""

4. Javé disse a Moisés: ""Farei chover pão do céu para vocês: o povo sairá para recolher a porção de cada dia, para que eu o experimente e veja se ele observa a minha lei, ou não.

5. No sexto dia, porém, eles deverão preparar o que recolheram, e será o dobro do que recolhem nos outros dias"".

6. Então Moisés e Aarão disseram a toda a comunidade de Israel: ""À tarde vocês saberão que foi Javé quem os tirou do Egito.

7. E, pela manhã, vocês verão a glória de Javé, porque Javé ouviu as murmurações que vocês fizeram contra ele. Quem somos nós, para vocês murmurarem contra nós?""

8. Moisés disse mais: ""Esta tarde, Javé dará carne para vocês comerem e, pela manhã, pão com fartura, pois ele ouviu a murmuração que vocês fizeram contra ele. Quem somos nós? As murmurações de vocês não são contra nós, e sim contra Javé"".

9. Moisés disse a Aarão: ""Diga a toda a comunidade de Israel: Aproximem-se de Javé, pois ele ouviu as murmurações que vocês fizeram "".

10. Enquanto Aarão falava para toda a comunidade de Israel, olharam para o deserto e viram que a glória de Javé aparecia numa nuvem.

Deus manda carne

11. Javé falou a Moisés:

12. Eu escutei as murmurações dos filhos de Israel. Diga-lhes que comerão carne à tarde e, pela manhã, se fartarão de pão. Assim ficarão sabendo que eu sou Javé seu Deus

13. À tarde, um bando de codornizes cobriu todo o acampamento e, pela manhã, havia uma camada de orvalho ao redor do acampamento.

14. Quando a camada de orvalho se evaporou, na superfície do deserto apareceram pequenos flocos, como cristais de gelo.

15. Ao verem, os filhos de Israel perguntaram: ""Que é isso?"" Porque não sabiam o que era.

16. Moisés disse-lhes: ""Isso é o pão que Javé lhes dá para comer. E são estas as ordens de Javé: Cada um recolha o quanto lhe basta para comer: quatro litros e meio por pessoa, conforme o número de pessoas que se achem na sua tenda.

17. Os filhos de Israel assim fizeram: uns recolheram mais, outros menos.

18. Quando mediram as quantias, não sobrava para quem havia recolhido mais, nem faltava para quem havia recolhido menos. Cada um tinha recolhido o que podia comer.

19. Moisés então lhes disse: ""Ninguém guarde para a manhã seguinte"".

20. Mas eles não deram ouvidos a Moisés, e alguns o guardaram para o dia seguinte. Porém, criou vermes e apodreceu. Por isso, Moisés ficou indignado contra eles.

21. A cada manhã eles colhiam o quanto cada um podia comer, porque o calor do sol o derretia.

22. No sexto dia, recolhiam o dobro: nove litros para cada um. E todos os chefes da comunidade informaram a Moisés.

23. E Moisés falou: ""É exatamente isso que Javé ordenou: amanhã é sábado, um descanso completo reservado a Javé. Cozinhem o que quiserem cozinhar e fervam o que quiserem ferver; separem o que sobrar e reservem para o dia seguinte"".

24. Eles fizeram a reserva até o dia seguinte, conforme Moisés tinha ordenado. E dessa vez não apodreceu nem criou vermes.

25. Então Moisés disse: ""Comam hoje, porque hoje é um sábado de Javé. Hoje vocês não encontrarão alimento no campo.

26. Recolham durante seis dias, pois no sétimo, que é sábado, não o encontrarão"".

27. No sétimo dia, alguns do povo saíram para o recolher, mas não encontraram nada.

28. Javé disse a Moisés: ""Até quando vocês se negarão a observar meus mandamentos e leis?

29. É Javé quem lhes dá o sábado, e é por isso que ele, no sexto dia, lhes dará pão para dois dias. Cada um fique onde está. Ninguém saia do seu lugar no sétimo dia"".

30. E no sétimo dia o povo descansou.

31. A casa de Israel deu-lhe o nome de maná: era branco como a semente de coentro, e seu sabor era como bolo de mel.

32. Moisés disse: ""Esta é a ordem de Javé: conservem quatro litros e meio para que as gerações futuras possam ver o pão com que eu os alimentei no deserto, quando os tirei do Egito"".

33. Moisés disse a Aarão: ""Pegue uma vasilha, coloque nela quatro litros e meio de maná, e coloque-a diante de Javé, a fim de o conservar para as gerações futuras"".

34. Conforme Javé tinha ordenado a Moisés, Aarão o colocou diante do Testemunho, para que fosse conservado.

35. Os filhos de Israel comeram maná durante quarenta anos, até chegarem à terra habitada. Comeram maná até chegarem à fronteira de Canaã.

36. Toda a comunidade de Israel partiu do deserto de Sin para as etapas seguintes, conforme a ordem de Javé, e acamparam em Rafidim, onde o povo não encontrou água para beber.



Anúncios