x

Bíblia On-line

Anúncios



1 Coríntios 2 - Versão Católica com cabeçalhos

O caráter da pregação de Paulo em Corinto

1. Irmãos, eu mesmo, quando fui ao encontro de vocês, não me apresentei com o prestígio da oratória ou da sabedoria, para anunciar-lhes o mistério de Deus.

2. Entre vocês, eu não quis saber outra coisa a não ser Jesus Cristo, e Jesus Cristo crucificado.

3. Estive no meio de vocês cheio de fraqueza, receio e tremor;

4. minha palavra e minha pregação não tinham brilho nem artifícios para seduzir os ouvintes, mas a demonstração residia no poder do Espírito,

5. para que vocês acreditassem, não por causa da sabedoria dos homens, mas por causa do poder de Deus.

6. A sabedoria do Espírito Na realidade, é aos maduros na fé que falamos de uma sabedoria que não foi dada por este mundo, nem pelas autoridades passageiras deste mundo.

7. Ensinamos uma coisa misteriosa e escondida: a sabedoria de Deus, aquela que ele projetou desde o princípio do mundo para nos levar à sua glória.

8. Nenhuma autoridade do mundo conheceu tal sabedoria, pois se a tivessem conhecido não teriam crucificado o Senhor da glória.

9. Mas, como diz a Escritura: ""o que os olhos não viram, os ouvidos não ouviram e o coração do homem não percebeu, foi isso que Deus preparou para aqueles que o amam."" Deus, porém, o revelou a nós pelo Espírito.

10. Pois o Espírito sonda todas as coisas, até mesmo as profundidades de Deus.

11. Quem conhece a fundo a vida íntima do homem é o espírito do homem que está dentro dele. Da mesma forma, só o Espírito de Deus conhece o que está em Deus.

12. Quanto a nós, não recebemos o espírito do mundo, mas o Espírito que vem de Deus, para conhecermos os dons da graça de Deus.

13. Para falar desses dons, não usamos a linguagem ensinada pela sabedoria humana, mas a linguagem que o Espírito ensina, falando de realidades espirituais em termos espirituais.

14. Fechado em si mesmo, o homem não aceita o que vem do Espírito de Deus. É uma loucura para ele, e não pode compreender, porque são coisas que devem ser avaliadas espiritualmente.

15. Ao contrário, o homem espiritual julga a respeito de tudo, e por ninguém é julgado.

16. Pois, quem conhece o pensamento do Senhor para lhe dar lições? Nós, porém, temos o pensamento de Cristo.






Anúncios