Anúncios
x

Bíblia On-line




Isaías 29 - King James Atualizada 1999

Profecia contra Judá infiel. Promessa de livramento

1. Ai de Ariel! Ariel, a cidade onde acampou Davi. Acrescentem um ano a outro e deixem seguir o seu ciclo de festas.

2. Contudo, Eu colocarei Ariel sob provação! Eu a sitiarei para que se lamente e pranteie, e assim esta cidade será como seu próprio nome: Ariel, uma fornalha de Deus!

3. Eu te cercarei com torres e vigiarei ao teu redor. Estabelecerei postos de sítio e erguerei trincheiras contra ti.

4. Serás abatida e prostrada sobre o solo passarás a falar; a tua palavra virá abafada pelo pó do chão. A tua voz será ouvida como a de um espírito que se encontra debaixo da terra.

5. Entretanto, os seus muitos adversários se tornarão como o pó fino, as hordas cruéis, como palha carregada pelo vento. Repentinamente, num instante,

6. serás visitada por Yahweh dos Exércitos com trovões, com estrondos e com grandes rugidos, com tufões e tempestades, com chamas de fogo devorador.

7. Tudo acontecerá como em um sonho, como ocorre numa visão noturna: a horda de todas as nações a guerrear contra ti, ó Ariel; a movimentação de todos que a combatem, sitiam e a submetem à grande pressão,

8. como quando uma pessoa faminta sonha que está se alimentando, mas acorda e percebe que sua fome continua; como quando um homem sedento sonha que está saciando sua sede, mas desperta ainda enfraquecido, sem ter matado a sede. Assim sucederá com as hordas de todas as nações que batalham contra o monte Tsión, Sião.

9. Sendo assim, enchei-vos de surpresa! Ficai pasmos; cegai-vos a vós mesmos e permanecei sem enxergar! Embriagai-vos, mas não com vinho, cambaleai, todavia não por causa de bebida forte,

10. porquanto Yahweh derramou sobre vós um espírito de torpor, fechou-vos os olhos a vós que sois os profetas; cobriu-vos a cabeça, vós que sois videntes.

11. Para vós toda a visão não passa de palavras seladas num sêfer, um livro. Ora, e se déreis esse livro a alguém que saiba ler e lhe pedirem: “Lê isto, por favor!” ao que tal pessoa replica: “Impossível, pois este livro está lacrado!”

12. Ou ainda, se entregares este livro a uma pessoa que não sabe ler, suplicando-lhe: “Lê isto, por favor!” Mas a isto ela responde: “Sinto muito, não sei ler!”

13. Eis que assim declara o Eterno: “Visto que este povo se chega junto a mim apenas com palavras sem atitude, e me honra somente com mover dos lábios, enquanto seu coração está muito distante da minha pessoa. E a adoração que me prestam é constituída tão somente de regras e doutrinas criadas por homens,

14. o que me resta é continuar a apavorar este povo com obras maravilhosas e feitos assombrosos, a fim de que o conhecimento dos seus sábios pereça, e a inteligência dos seus pensadores se desvaneça!”

15. Ai daqueles que mergulham nas profundezas para esconder seus planos de Yahweh, que agem nas trevas e imaginam: “Quem há de ver-nos aqui? Quem ficará sabendo o que estamos fazendo?”

16. Ó, que perversão e presunção a vossa! Que é isso que pensas: tratar o oleiro como argila! Porventura o objeto formado pode alegar àquele que o formou: “Ele não me fez?” E o vaso poderá dizer ao oleiro: “Ele nada entende do ofício?”

17. Porventura não será o Líbano logo transformado em campo fértil e não se pensará que o campo fértil é uma floresta?

18. Naquele Dia, os surdos ouvirão as palavras do livro, e os olhos dos cegos, livres da escuridão e das trevas, tornarão a enxergar.

19. Mais uma vez os humildes se alegrarão em Yahweh, e os pobres e necessitados exultarão no Santíssimo de Israel.

20. Será o fim do tirano e do malvado, o zombador desaparecerá e todos os de olhos inclinados para o mal serão eliminados,

21. os quais com uma palavra fazem réu o inocente, no tribunal negociam e trapaceiam contra o defensor, e com testemunho falso e outras mentiras evitam que se faça justiça ao homem íntegro e sem culpa.

22. Por isso Yahweh, que redimiu Abraão, diz à descendência de Jacó: “Eis que Jacó não mais ficará envergonhado, nem sofrerá humilhação; a sua face já não se cobrirá de palidez!

23. Porque, ao ver os seus filhos, obra das minhas mãos, entre seu povo, ele proclamará o meu Nome, reconhecerá a glória divina do Santo de Jacó,

24. e no amor reverente ao Deus de Israel permanecerá. Os desorientados de espírito obterão sabedoria; e os queixosos e murmurantes aceitarão a instrução!”



Anúncios