x

Bíblia On-line

Anúncios



Isaías 28 - King James Atualizada 1999

O anúncio do castigo de Efraim e de Judá por causa da sua impenitência

1. Ai daquela coroa orgulhosa dos bêbados de Efraim e da flor murcha do seu enfeite elegante, que está sobre a cabeça do vale fértil dos que se deixam dominar pelo vinho.

2. Vêde! O Eterno envia alguém que é poderoso e forte. Como a chuva de granizo e vento arrasador, como violento aguaceiro e tromba d’água que tudo inunda, ele a lançará com força ao chão.

3. A coroa orgulhosa dos embriagados de Efraim será pisoteada.

4. Sua magnífica beleza estabelecida na cabeça de um vale fértil é agora apenas uma flor que murcha e apodrece. Eis que ela será como figo maduro antes da colheita; quem o vê, logo o apanha e come.

5. Naquele Dia, portanto, Yahweh dos Exércitos é que será uma coroa de esplendor e uma grinalda magnífica destinada ao remanescente do seu povo.

6. Ele será um espírito de justiça para quem se assenta para julgar, fortaleza para todos que impedem que a batalha passe pela porta.

7. Mas estes também cambaleiam por causa de muito vinho e se desencaminham com a bebida forte; até o sacerdote e o profeta caminham cambaleantes por causa da bebida forte, estão tontos de vinho, perdem o equilíbrio e seus caminhos por causa da ingestão de grande quantidade de bebida forte; erram nas visões e tropeçam nos julgamentos.

8. Pois todas as suas mesas estão cheias de vômito e não há um só lugar limpo.

9. A quem ele ensinará a sabedoria? A quem fará compreender o conhecimento e a mensagem? Às crianças recém-tiradas do peito? Aos desmamados?

10. Portanto, o que exclama é: ‘Preceito sobre preceito! Ordem sobre ordem, regras e mais regras sem sentido; um pouco aqui, um tanto ali!’

11. E assim, com lábios trôpegos e língua estranha Deus falará a este povo,

12. ao qual proclamará: “Este é o descanso! Dai repouso ao exausto. Este é o lugar tranquilo e do pleno descanso!” Entretanto, eles não quiseram dar ouvidos.

13. E, por esse motivo, a palavra de Yahweh para eles será: “Preceito sobre preceito! Ordem sobre ordem, regras e mais regras sem sentido; um pouco aqui, um tanto ali!” E isto para que saiam, caiam de costas, firam-se, fiquem presos em armadilhas e, por fim, sejam capturados.

14. Ouvi a Palavra de Yahweh, ó homens insolentes, vós líderes e governadores deste povo que vive em Jerusalém!

15. Pois que dizeis: “Firmamos uma aliança com a morte, com o Sheol, a sepultura, fizemos um pacto. Quando o flagelo do extermínio chegar, não nos atingirá, pois da mentira fizemos nosso abrigo e na falsidade temos o nosso refúgio!”

16. Por isso declara Yahweh, o Eterno: “Eis que coloco em Tsión, Sião uma pedra, uma rocha já experimentada, uma preciosa pedra angular para estabelecer um alicerce verdadeiro e seguro; nela está escrito: “Quem crer em mim jamais será abalado!”

17. Estabelecerei o direito como lei e a justiça como o fio de prumo. Contudo, quanto ao refúgio da mentira, o granizo o varrerá, e o seu esconderijo, as muitas águas o submergirão!

18. Sua aliança com a morte será anulada; seu pacto com o Sheol não subsistirá. Quando vier o tempo da calamidade arrasadora sereis arrastados por ela.

19. Toda vez que vier, vos atingirá e arrastará; passará manhã após manhã, de dia e durante a noite!” Todas as vezes que ouvires tal notícia ficareis aterrorizados.

20. A cama se tornará estreita demais para que alguém possa deitar e descansar; o cobertor é curto demais para que possa cobrir e acalentar todo o corpo.

21. Porque Yahweh se levantará, como no monte Perazim, e sua ira o inflamará, como no vale de Gibeão, para realizar a sua obra, a sua obra estranha, e para executar o seu ato, o seu ato inaudito.

22. Agora, portanto, não continueis a zombar, para que os vossos grilhões não se façam ainda mais fortes; porque já do Eterno, o SENHOR dos Exércitos, ouvi falar de uma destruição, e essa já está determinada sobre toda a face da terra.

23. Inclinai vossos ouvidos e prestai atenção a minha voz; escutai e atentai ao meu discurso!

24. Porventura o lavrador que semeia lavra sem parar? Fica o tempo todo cavando e gradeando a terra?

25. Claro que não! Depois de nivelar o solo, ele não espalha o endro, semeia o cominho, lança o trigo em eiras, a cevada no terreno próprio e a espelta, o trigo duro, nas margens?

26. Ora, o seu Deus lhe dá toda a orientação necessária e lhe ensina o caminho.

27. Por isso não se debulha o endro com instrumento de trilhar, e sobre o cominho não se faz passar roda de carro; retira-se o endro com vara e o cominho com um bastão de madeira.

28. Também é preciso sabedoria para moer o cereal e fazer pão; por essa razão ninguém o fica malhando para sempre. Fazem passar as rodas da trilhadeira sobre o trigo, mas os seus cavalos não o trituram.

29. Todo esse conhecimento vem da parte de Yahweh dos Exércitos, magnífico em conselhos e maravilhoso em sabedoria!





Anúncios