x

Bíblia On-line

Anúncios



Isaías 26 - Bíblia Viva

1. OUÇAM O POVO cantando! Naquele dia toda a terra de Judá vai cantar este cântico: "Nossa cidade é forte e bem protegida! Estamos cercados pelos muros da salvação de Deus! "

2. Abram os portões! Todos os justos e fiéis que obedecem a Deus poderão entrar na cidade.

3. O Senhor dará uma paz perfeita a todos que confiam nEle, aos que concentram seus pensamentos nEle.

4. Confiem para sempre no Senhor, porque no Senhor Deus vocês encontrarão a força que nunca se acaba.

5. Ele humilha os orgulhosos; humilha e reduz a pó as grandes cidades, arrogantes e cheias de si,

6. E depois Ele as entrega aos pobres e necessitados, para andarem ali.

7. Mas o caminho do homem que obedece a Deus é bom. Deus mesmo torna o caminho fácil e reto para quem obedece a Ele.

8. Ó Senhor, ficamos muito alegres quando fazemos o que manda a sua lei: O que mais desejamos é glorificar o seu nome.

9. Durante a noite eu busco o Senhor, de toda a minha alma, pois só quando o Senhor vier julgar o mundo é que os homens vão desviar-se do mal, aprender a fazer o que é direito.

10. A sua bondade com os maus não os faz praticar o bem. Mesmo vivendo no meio de gente boa, eles continuam fazendo o mal e desprezando a glória e o poder do Senhor.

11. Eles não ouvem as suas ameaças, não vêem a sua mão levantada, pronta para o castigo. Mostre-lhes como o Senhor ama o seu povo: talvez assim eles sintam um pouco de vergonha. Sim, que eles sejam queimados com o fogo preparado para os inimigos de Deus.

12. Senhor, dê-nos a paz porque tudo o que somos e temos veio da sua mão.

13. Ó Senhor nosso Deus, no passado nós adoramos muitos outros deuses, mas agora só adoramos ao Senhor, por causa de sua graça.

14. OS que nós servimos no passado morreram e não voltarão a viver. O Senhor castigou e destruiu todos eles, e agora já não estão mais em nossa lembrança.

15. O Senhor seja louvado! Ele fez nosso povo crescer! Ele aumentou as terras de nossa gente!

16. Na hora do sofrimento, eles O buscaram, Senhor. Quando o seu castigo caiu sobre eles, derramaram suas fracas orações.

17. Como sentimos saudades da sua presença, Senhor! Sofremos como a mulher que vai dar à luz, que geme e se torce de dor!

18. Nós também sofremos e gememos, ficamos em agonia. Mas de nada adiantou; não conseguimos nos libertar, apesar de todo o esforço.

19. Mas temos esta certeza: os que pertencem a Deus voltarão a viver. Os seus corpos serão ressuscitados! Os que já foram enterrados vão despertar e cantar de alegria. A luz da vida vai cair sobre eles, como o orvalho, orvalho mandado por Deus.

20. Meu povo, vá para casa! Tranque bem as portas! Fiquem escondidos por um pouco até que a ira do Senhor contra os seus inimigos tenha passado.

21. Vejam! O Senhor está descendo do céu para castigar os homens por causa de seus pecados. Não haverá mais jeito dos assassinos se esconderem! Todos os crimes serão descobertos.






Anúncios