É melhor escutar mais e falar menos.

É melhor escutar mais e falar menos.
É melhor escutar mais e falar menos.

¡OLHO! Não, não se trata de prestar seus ouvidos à fofoca nem a murmúrios.

Pode resultar gracioso esta frase: “Temos dois ouvidos e uma boca, para que escutemos mas do que falamos”, e ainda que pareça chistoso encerra uma grande verdade.

Salomão foi muito sábio quando escreveu: Tempo de rasgar e tempo de coser; tempo de estar calado e tempo de falar. Eclesiastes 3:7.

Saber quando guardar silêncio reflete em nós a humildade para estar dispostos a escutar. Existe ademais uma grande diferença entre escutar e ouvir. Ouvir é só perceber sons, em mudança quando realmente escutamos é quando prestamos atenção.

Escutar eleva nossa relação e a maneira em que percebemos o que o outro sente para assim usar as palavras corretas ao dar uma resposta. Como águas profundas é o conselho no coração do homem; mas o homem de inteligência o tirará para fora.  Provérbios 20:5.

E ainda que pareça impossível, ao escutar aos demais também devemos ter nossos ouvidos prestos a escutar a voz de nosso Pai e entender que é o que nos quer dizer. Um exemplo disso o deu Jesus mesmo quando passava seu dedo sobre a terra enquanto os fariseus queriam apedrar àquela mulher; é mais que seguro que enquanto eles gritavam e julgavam Jesus só escutava a voz do Pai… Isto é o que diremos à gente e à mulher.

Aquelas palavras ainda ressoam no mundo:

 Aquele que dentre vós está sem pecado seja o primeiro que atire pedra contra ela.  Mulher, onde estão aqueles teus acusadores? Ninguém te condenou?. E ela disse: Ninguém, Senhor. E disse-lhe Jesus: Nem eu também te condeno; vai-te e não peques mais. João 8:1-11

Deixe seus comentários