As terríveis consequências de dar-lhe lugar à ira e o enojo

O enojo, a ira ou a fúria são das emoções mais comuns e destructivas. Quando deixamos que o enojo tome o controle de nossas vidas, lhe estamos dando lugar a satanás para que nos domine.

Acostumamos a descrever às pessoas iracundas como de caráter forte, mas isto não é assim, realmente são elas as que têm um caráter débil ao não poder submeter o enojo à paz que Deus não dá, ao perdão à bondade e a paciência.

Se fixamos-nos bem, o problema não está em nos enojar, já que é uma emoção normal e há situações que nos levam a airarnos, o importante é recordar que não devemos ir mas lá; no ponto de insultar e dizer palavras hirientes e destructivas à outra pessoa.

Podemos falar ou reprender a alguém por sua má ação, mas não há necessidade do humilhar, nem destruir com nossas palavras. Devemos tocar o ponto em conflito e evitar a violência, para não produzir problemas maiores.

Não descontrolarse é a chave para não pecar. É necessário ter um momento de apaziguar a emoção, pedir ajuda a Deus e pensar claramente. Deixemos as coisas injustas em mãos do Senhor, e não tomemos vingança com ira nem mão própria.

Permitir que o enojo nos controle e nos leve a pecar, é um ato de inmadurez espiritual. Hoje o Senhor abençoará você com domínio próprio para que possa manter a acalma em momentos de tensão.

Não permitam que o sol se oculte enquanto seguem enojados, porque o enojo dá lugar ao diabo. Mas adiante em Efésios 4:31 diz “Livrem-se de toda amargura, fúria, enojo, palavras ásperas, calunia e toda classe de má conduta”.

Se tem problemas nesta área de sua vida, aqui tem uns versículos que podem você ajudar: Efésios 4:26-27, Provérbios 14:29, Provérbios 29:11, Tiago 1:19-20, Salmos 37:8, Provérbios 16:32.

Deixe seus comentários