Na China cai devastadora tempestade de granizo com desenho de «coronavírus» (VÍDEOS)

Na China, o que começou como um simples alarme de trovões relâmpagos na quinta-feira passada, se transformou em uma terrível chuva de granizo que causou graves estragos.

Após que o Observatório Meteorológico de Pequim emitiu um sinal amarelo, os residentes locais ficaram preocupados e chocados ao mesmo tempo, pois não esperavam uma chuva de granizo.

Esses pedaços de gelo que não eram maiores que uma bola de pingue-pongue, afetaram mais de 30.000 pessoas e destruíram cerca de 1.200 agres de cultivos.

Mas talvez o ponto mais importante da tempestade seja a forma estranha que o granizo tinha. Já que para muitos, estes se assemelhavam ao desenho médica do coronavírus.

De acordo com as tradições asiáticas e o calendário lunisolar chinês, é “comum” que ocorram desastres naturais pelas datas em que se encontram.

Um ponto de vista israelense

Conforme ao portal Breaking Israel News, a tempestade devastadora está relacionada com uma passagem da Bíblia que fala sobre a “sétima praga” que arrasou o Egito.

Esta foi uma chuva de granizo que destruiu tudo em seu caminho pouco antes que o povo de Israel saiu da nação que por anos a escravizou (Êxodo 9:24).

Cabe enfatizar que importantes fontes judaicas afirmam que todas as pragas reaparecerão para a “redenção final”, mas de proporções mais potentes.

Um importante rabino assinalou que tudo isto é uma “forma” na qual Deus bate as nações inimigas de seu povo; e que nos tempos finais mostrará muito mais de seu poder.

Deixe seus comentários