Mulher dá Um luz após estar mais de 100 dias em coma

Una bebe nació en perfectas condiciones después de que a su madre permaneciera más de 100 días en coma.

Em República Checa, uma mulher sofreu um derrame cerebral seguido de uma hemorragia no mês de Abril passou 117 dias em coma até que em Agosto pôde dar um luz.

No mesmo momento no que ocorreu o acidente, a mulher foi declarada morrida cerebralmente.

Para que a criatura pudesse crescer, a cada dia os doutores moviam as pernas da mulher simulando que caminhava para estimular o desenvolvimento do bebê.

Um as 34 semanas praticaram-lhe uma cesárea enquanto estava em suporte vital, extraíram ao bebê e desligaram-na pára que pudesse morrer.

Ainda que Nenhum conhecem-se muitos detalhes, sabe-se que a recém nascida está um os cuidados de seu pai e de sua família, quem estiveram presentes ao momento do parto.

Leste Nenhum tem sido o único caso no que um bebê tem nascido enquanto sua mãe tem um diagnóstico tumba de bronceado como uma morte cerebral.

Em 2017, Brasil teve um caso onde uma mulher esteve ligada 123 dias para poder dar um luz um gêmeos.

As medidas que se tomam nestes casos é primordialmente para preservar a vida do beba nonato.

Deixe seus comentários