Ex-Bruxa adverte sobre o novo show infantil da Disney sobre bruxaria, “É muito real”

Disney Channel estreou recentemente a nova série chamada “The Owl House”, que causou polêmica porque ensina às crianças que a bruxaria é boa.

O polêmico programa tem como objetivo mostrar a bruxaria como uma ferramenta positiva para combater as forças do mal.

Algumas pessoas pensam que não há nada para se preocupar com base no fato de que é um espetáculo infantil; porque é uma “fantasia”.

Mas para Jenny Weaver; uma ex-bruxa, pais e deve ter cuidado com o que seus filhos vêem.

“Eu realmente vi um filme que era muito popular quando eu estava no ensino médio e foi chamado de The Craft”, disse Weaver em um segmento CBN chamado “The Prayer Link”.

“E o filme era de cerca de quatro bruxas do ensino médio que tinham todo esse poder, que tinha todo esse controle”, explicou.

Da feitiçaria, das drogas e do lesbianismo, aos braços de Cristo

A ex-bruxa, que cresceu em uma casa disfuncional, lutou contra a depressão. Depois de assistir ao filme, ele tomou o poder da bruxaria como uma maneira de sair do que ele estava constantemente vivendo dentro.

“Lembro-me de ouvir essas vozes: ‘Basta se apossar dela. Basta ir embora. Seria melhor se você morresse. E assim, eu comecei a cortar meus pulsos severamente. Lembro-me de ter 56 cortes em todos os meus braços. Meus braços foram esmagados. E era uma maneira em minha mente que eu poderia escapar”, disse ela.

Os cortes foram apenas a porta para acomodar o reino demoníaco, o que levou Weaver a se tornar uma bruxa praticante.

“Foi um domínio demoníaco na minha vida que me fez abrir portas para bruxaria e praticar feitiços e encantamentos e estudar a religião de Wicca”, confessou.

Ela acrescentou: “É por isso que eu digo aos pais quando eu sou um ministro, não é uma piada quando dizemos ter cuidado com o que seus filhos vêem”.

Weaver, que também era lésbica e viciada em drogas, disse que passar por tudo isso antes de Deus resgatá-la foi um dos momentos mais sombrios de sua vida; e enfatizou que o reino das trevas é tão real quanto o celestial.

“Eu fumava metanfetamina em casas de drogas, dormia nos galpões das pessoas, eles esmagavam insetos o dia todo. E lembro-me que clamei a Deus. Chorei até os pulmões e disse: ‘Deus me ajude!’, ele testemunhou. “Deus me resgatou”.

Hoje, Jenny Weaver ministra através da adoração profética a milhares de pessoas através da plataforma do Facebook; isto, através do seu ministério.

Deixe seus comentários