Aumenta a demanda de Bíblias na Coreia do Norte em meio à pandemia

Ainda que as estatísticas sobre o coronavírus na Coréia do Norte sejam incertas entre os governos, há algo que pode ser mais claro; e isso é a alta demanda de Bíblias na nação.

De acordo com as declarações do Dr. Hyun Sook Foley, representante da “Voz dosMártires” na Coreia do Norte, a procura de Bíblias aumentou durante a pandemia.“Não só as máscaras e os medicamentos tiveram uma grande procura por parte dos norte-coreanos na Coreia do Norte e no nordeste da China”, afirma Foley.

“Nos primeiros três meses de 2020 já distribuímos cerca de 2.000 Bíblias de áudio na região, que é o dobro da quantidade que foram distribuídas no mesmo período do ano passado”, acrescenta.

O representante atribui o aumento da procura de Bíblias a “uma busca desesperada de qualquer tipo de esperança no meio da possibilidade muito real de morte por infecção” por parte dos norte-coreanos.

Anúncios


Carta de agradecimento

Eles receberam uma carta de um norte-coreano que recebeu mascaras e uma Bíblia de áudio; no escrito agradeceu o gesto da equipe.
Carta de agradecimento do norte-coreano que recebeu a capa e a Bíblia.

“Recebo a esperança de viver enquanto rezo. A situação do vírus em Pyongyang e Sinuiju é mais grave que nas zonas fronteiriças. Acho que todos morreremos de fome ou de sermos infectados. Ambos são mortais e causam desespero, mas depois de conhecê-lo, meu medo desapareceu. Gratos mais uma vez”, lê-se na carta.

Sem dúvida, o regime ditatorial na Coreia do Norte tem feito tudo para acabar com o cristianismo na nação, mas de uma forma ou de outra, os crentes conseguem manter ativa a fé no país.

Com o passar dos anos, o número de cristãos cresceu apesar da perseguição e este aumento na demanda da Bíblia é um claro exemplo que o evidencia.

Deixe seus comentários
Links Patrocinados